Horas  2 horas 15 minutos

Coordenadas 720

Uploaded 5 de Janeiro de 2016

Recorded Janeiro 2016

  • Rating

     
  • Information

     
  • Easy to follow

     
  • Scenery

     
-
-
1.377 m
924 m
0
4,8
9,7
19,39 km

Visualizado 3549 vezes, baixado 308 vezes

próximo a São João Batista da Serra da Canastra, Minas Gerais (Brazil)

Trajeto entre o povoado de São João Batista e a Cachoeira do Fundão, que integra o Parque Nacional da Serra da Canastra. O trajeto é misto, sendo um trecho percorrido por veículo (até o KM 14,5) e o restante a pé (4,9km).

COMO CHEGAR:
O vilarejo de São João Batista da Canastra está a 48km da sede, São Roque de Minas, pelo caminho mais curto, que passa pelo Parque Nacional (aberto de 7h às 17h). Fora desse horário, é preciso fazer o trajeto por estradas de terra ao norte do Parque Nacional, o trajeto fica um pouco maior, com 66km de extensão. O vilarejo também fica próximo a Tapira, cerca de 43km.

A ESTRADA:

O trecho inicial é por estrada de terra, que pode ser percorrida por qualquer carro na seca. Após entrar no Parque Nacional da Serra da Canastra, tomamos à esquerda na primeira bifurcação, seguindo para São Roque. Cerca de 8km após a saída do vilarejo, tomamos à esquerda numa estrada de terra. Na época não havia sinalização neste ponto.

Do acesso para a cachoeira do Fundão em diante a estrada piora consideravelmente, com muitos buracos, erosões, valas, trechos sobre rocha nua, etc. Carros de passeio podem sofrer neste trecho, mas conseguem passar tranquilamente. Cerca de 6,5km após o acesso para Fundão há um descampado, onde deixamos o carro.

Vale ressaltar que no caso de chuva, as estradas da região do Parque Nacional formam um barro mole, bem escorregadio. Como após o descampado havia duas descidas MUITO inclinadas e a possibilidade de chuva era iminente, optamos por parar nossa viatura no descampado, mesmo se tratanto de um 4x4. Nossa opção foi acertada, durante a volta caiu um toró daqueles, o que complicaria muito nosso retorno.

Em época de seca, mesmo sem pneus adequados, é possível descer de 4x4 até o rancho, podendo reduzir a pernada a 600 metros. Não arriscaria e nem recomendo descer em veículo de passeio.

Desembarcando no descampado, são 4,9km de trilha, a maior parte disso é pela estrada que dá acesso ao rancho, com exposição total ao tempo. A caminhada não apresenta qualquer dificuldade técnica, o ponto crítico é o relevo acidentado até as proximidades do rancho (ponto "casa").

Após a casa é preciso atravessar um pequeno córrego e uma área de reflorestamento, até chegar a um trecho mais rochoso onde realmente começa a trilha para a cachoeira. Daqui são mais 600 metros até chegar ao poço

A Cachoeira do Fundão é, sem dúvida, uma das mais bonitas do Parque Nacional e de toda região. O poço é gigante, muito bom para o banho e com águas verde-esmeralda. Em janeiro/2016 o acesso estava interditado por causa do reflorestamento de área próxima ao início da trilha, mas não tivemos problemas em visitá-la.

CONSIDERAÇÕES:
- A caminhada é de baixa dificuldade técnica, mas exige bom condicionamento pelo relevo acidentado do local (principalmente a volta);
- Se conseguir ir de carro ou moto até o rancho, a dificuldade é mínima, sendo o passeio recomendado para qualquer pessoa;
- A portaria de São João Batista é a mais próxima da cachoeira. Para entrar no Parque Nacional é preciso pagar uma taxa de 9$/pessoa;
- O poço é bem aberto, então o Sol ilumina bastante o local; em caso de chuva o rancho pode servir como abrigo temporário;
- A cachoeira está dentro de uma unidade de conservação, não faça fogueiras, jamais deixe lixo no local!

View more external

Área de estacionamento recomendada. Com possibilidade de chuva ou de carro sem tração é recomendável deixar o carro no descampado.
Para acessar a cachoeira, seguir pela trilha da direita (pelo alto)

13 comentários

  • thiagomilagres 28/fev/2016

    Ótimo post! Blog espetacular!! Abcs /outdoor-trails/pn-serra-da-canastra-cachoeira-fundao-11865127#wp-11865132

  • Foto de nicolasnv

    nicolasnv 11/out/2017

    Isso é descrição de trilha, mais preciso e útil impossível! Muito obrigado!!!!

  • Foto de Roger 1522

    Roger 1522 20/out/2017

    Parabéns, Hélio, pelas descrições.

  • Foto de Hélio Jr

    Hélio Jr 20/out/2017

    nicolasnv e Roger, agradeço os elogios. Assim fica mais fácil e seguro percorrer as rotas que são disponibilizadas no site

  • Foto de nicolasnv

    nicolasnv 23/out/2017

    Aproveitando, atualizando alguns detalhes.
    Desci de 4x4 até depois do rancho, depois do reflorestamento. Há uma clareira preparada para estacionamento bem no começo da trilha.
    Não sei se carros 4WD são aptos a descer também.
    Se houver possibilidade de chuva, não desça pois a volta pode ser bastante complicada.
    Retifico que não dá pra ir com carro comum, principalmente porque pra subir não é simples.
    Fui em outubro de 2017.

  • Foto de Roger 1522

    Roger 1522 24/out/2017

    Obrigado, Nicolas, pelo feedback. Creio que o rancho, ao qual você se refere, é o da D. Helena.
    Pretendo ir nessa trilha, infelizmente, no período de reveillón (época das chuvas).
    Tenho um Jimny All, com reduzida. Você acredita que, mesmo assim, fica complicado subir - desde o reflorestamento, até o ponto em que o Hélio estacionou lá em cima e foi a pé (caminhada de 9 km ida e volta) - em caso de chuva?
    Estou inclinado a arriscar, por conta dessa caminhada de 9 km com aclives acidentados.

  • Foto de nicolasnv

    nicolasnv 24/out/2017

    Roger, se não melhorarem a estrada fica com certeza complicado de subir. É que tem quem goste disso!!! Particularmente adoro fazer trilhas, e se tiver difícil melhor! Acho que a subida com chuva vai exigir experiência de trilha e conhecimento da capacidade do seu carro, de preferência com companhia e guincho.
    Fui e voltei com uma Pajero Full, grande, pesada, mas com assistência de bloqueio e teve um trecho da subida que o carro ficou em X, um trecho íngreme e muito estreito. Eu tive uma TR4 de conjunto mais próximo ao Jimny, talvez subiria com BF AT bem murcho, talvez pelo entreeixos curto nem entre em X, e certamente eu desceria com chuva com a Full, mas eu gosto de encrenca... heheheheh

  • Foto de Hélio Jr

    Hélio Jr 24/out/2017

    Roger 1522,

    é o antigo rancho D. Helena, hoje trata-se de área do Parque Nacional.
    Reiterando o que Nicolas falou: são duas descidas (na ida) muito acentuadas após o descampado. Uma com muitas pedras pequenas e outra de terra. Se chover a subida de pedras é menos difícil, mas pode ocorrer o X que o Nicolas falou. Já a subida de terra, em caso de chuva forte, é a mais complicada. Escorrega mesmo. A descida no barro, então, nem se fala.. também aprecio trilhas, mas é um risco desnecessário se o carro não tiver todos os apetrechos.
    Sobre a caminhada, para quem não está sedentário é tranquilo, leva cerca de 1h30 em ritmo normal.

    Dezembro/Janeiro é uma época que chove bastante na região, é ficar de olho na previsão do tempo. Também fui nessa época, neste dia específico fez algum sol durante o dia e na parte da tarde desabou um temporal. Se tivéssemos descido de carro, certamente ficaríamos de castigo esperando o barro secar um pouco. E o nossa viatura também possui reduzida.

  • Foto de Roger 1522

    Roger 1522 25/out/2017

    Nicolas e Hélio: muito grato pelo feedback de vocês. Meu Jimny não tem guincho e, ademais, não estarei em um comboio.
    Em função do que vocês sugeriram, não vou arriscar: vou estacionar no local sugerido pelo Hélio e caminhar.
    Obrigado e boa trilhas para todos nós.
    Abraços

  • Foto de nicolasnv

    nicolasnv 28/dez/2017

    I have followed this trail  View more

    A trilha não é fácil, mesmo para 4x4 é necessário experiência para subir, especialmente se tiver chovido, por isso classifiquei como difícil.
    É um trecho mais desafiador para 4x4 (nada muito complicado, no seco) do que o resto dos caminhos pelo parque.
    A descrição do Helio Jr está impecável.

  • Foto de Hélio Jr

    Hélio Jr 28/dez/2017

    nicolasnv,

    bem pontuado!

  • Foto de kenjiyos

    kenjiyos 6/mai/2019

    I have followed this trail  View more

    Fui pela portaria de São Roque de Minas, agora em 20/04/2019, realmente sem um veículo adequado nem pense em descer! Com chuva mesmo os 4x4 com reduzida podem ter problemas na subida, as valas estão profundas e em local íngrime e terreno bem liso qdo molhado! Assim como o relato deixamos nosso 4x4 a aprox 2km do inicio da trilha a pé! Vale a precaução , mas tbem vale o esforço local reservado muito bonito p aproveitar p um ótimo banho de cachoeira!

  • Foto de Roger 1522

    Roger 1522 6/mai/2019

    Obrigado, kenjiyos, pelo retorno.

You can or this trail