Horas  2 horas 22 minutos

Coordenadas 729

Uploaded 7 de Novembro de 2016

Recorded Novembro 2016

  • Rating

     
  • Information

     
  • Easy to follow

     
  • Scenery

     
-
-
1.313 m
1.014 m
0
5,5
11
21,84 km

Visualizado 2376 vezes, baixado 73 vezes

próximo a Milho Verde, Minas Gerais (Brazil)

Trajeto desde o centro de Milho Verde até a cachoeira Tempo Perdido, uma das mais conhecidas da região, que fica nos arredores do povoado de Capivari e pertence à APA Águas Vertentes.

COMO CHEGAR:
Milho Verde é um povoado situado no alto da Serra do Espinhaço, o vilarejo pertence ao município de Serro e dista 24km da sede, acesso totalmente asfaltado. Outra cidade da região é Diamantina, o acesso mais curto por aqui é via Estrada Real, são 40km de estradas parcialmente asfaltadas.
Em relação a Belo Horizonte, Milho Verde está a 245km pelo caminho mais curto, com poucos trechos de terra; ou 340km, pelo caminho totalmente asfaltado.
Quaisquer dúvidas consulte a ferramenta "Get driving directions to this location", na coluna à direita da tela.

A ESTRADA/TRILHA:
Saindo de Milho Verde, basta tomar a saída para Serro. Cerca de 3.5km após sair da vila é preciso entrar à esquerda no trevo para Capivari, onde começa o trecho por estrada de terra.

Em novembro/2016 a estrada estava em boas condições em grande parte, acessível para qualquer tipo de veículo. A estrada corta os campos rupestres do Espinhaço, com amplo visual para o Pico do Itambé. Cerca de 11km após entrar na estrada de terra, chega-se ao povoado de Capivari.

Chegando ao "centro" do povoado, é preciso entrar à esquerda numa estradinha vicinal, que dá acesso às cachoeiras. Logo que entramos nessa estradinha, havia uma espécie de pedágio. No local é feita a cobrança de ingresso daqueles que desejam visitar a cachoeira Tempo Perdido. Em novembro/2016 era cobrada uma taxa de R$10 por pessoa. Após o pagamento o visitante recebe uma espécie de cartão, que deverá ser apresentado na propriedade que dá acesso à cachoeira.

Do povoado em diante a estrada está em condições medianas e precárias, ainda assim acessível por qualquer tipo de veículo. Depois da ponte sobre o Ribeirão Capivari tem início um aclive acentuado e estreito. Em dias de maior movimento é um trecho que requer atenção. Após o relevo estabilizar, mantemos à esquerda em uma bifurcação, entrando à direita na porteira com a placa informando o acesso para Tempo Perdido.

Descendo com o carro por aproximadamente 700 metros, até a casa de Dona Anita, onde o deixamos estacionado. Ela cobra R$10 (nov/2016) praqueles visitantes que desejam estacionar no seu quintal.

Após a casa de Dona Anita começa o trecho por trilha, com cerca de 1.8km de extensão. É um trecho em declive até a cachoeira, que não oferece dificuldade para o caminhante. Durante a trilha o visitante tem uma visão privilegiada do Pico do Itambé.

De Dona Anita ao receptivo do Renato, uma construção que tem mais a frente, são aprox. 1.4km. No local, durante a "alta temporada" são vendidos lanches e água. Daqui para a cachoeira são cerca de 400 metros, em meio a mata, por declive moderado até o poço.

A cachoeira Tempo Perdido possui uma altura razoável e forma um poço médio, raso em grande parte. O poço é cercado por uma praia de areia branca e possui alguns pontos de sombra.

OBSERVAÇÕES:
> Cachoeira inserida na APA Águas Vertentes, uma unidade de conservação estadual. Porém o acesso é através de propriedade particular, portanto a entrada é paga;

> LEVE SEU LIXO DE VOLTA! Ao menos até as casas de apoio.

> A trilha possui cerca de 1.8km de extensão e é de baixa dificuldade, já que não apresenta muitos obstáculos pelo caminho. É recomendado algum preparo físico por parte do visitante, já que no retorno predominam a subidas;

> Parte da trilha é exposta ao tempo, use chapéu e protetor solar;

> Embora existam locais de apoio nas proximidades, o funcionamento dos mesmos não é garantido. Na dúvida leve água e lanche;

> Taxa de visitação: R$10/pessoa (novembro/2016);

> Na estiagem a vazão da cachoeira, que é formada por um afluente do Córrego Amaral, é bem pequena;

> Na alta temporada (feriados prolongados e férias escolares) o local pode ficar bastante movimento, devido a facilidade de acesso.

View more external

Direita
10$

1 comment

  • digão_ 31/jan/2019

    I have followed this trail  verificado  View more

    um belo local; pelo fácil acesso pode encher nos finais de semana.

You can or this trail