• Foto de Expedição Serra Negra
  • Foto de Expedição Serra Negra
  • Foto de Expedição Serra Negra
  • Foto de Expedição Serra Negra
  • Foto de Expedição Serra Negra
  • Foto de Expedição Serra Negra

Horas  8 horas 24 minutos

Coordenadas 6617

Uploaded 28 de Fevereiro de 2016

Recorded Fevereiro 2016

  • Rating

     
  • Information

     
  • Easy to follow

     
  • Scenery

     
-
-
1.045 m
664 m
0
49
97
194,94 km

Visualizado 578 vezes, baixado 9 vezes

próximo a Favelinha da Facit, Minas Gerais (Brazil)

Essa pequena expedição foi feita com uma TR4 original, com pneus ATR em boas condições, sendo que até o KM 86 o percurso foi só de estradas de terras normais sem nenhuma dificuldade, apenas algumas pequenas erosões devido às chuvas do período, onde qualquer carro normal passa tranquilo. A partir do km 86 é que começa a ficar legal pois é onde a estrada fica mais estreita e com subidas e descidas fortes, inclusive com um riacho para atravessar. Em alguns momentos dessa segunda parte, que atravessa a Serra Negra, foi usada a tração 4x4 pois as valetas eram maiores.
O intuito desse passeio foi tentar achar alguma estrada que saísse da cidade de Juiz de Fora/MG e chegasse à cachoeira do Arco Íris (KM 83) apenas por estradas de terra. De lá seguimos para desbravar um pouco da região próxima à Serra do Funil, um dos lugares mais bonitos da Zona da Mata e com menos visitação de pessoas, o que torna o lugar um ambiente totalmente tranquilo.
Por fim, depois de passar pela Serra das Voltas (estrada de terra muito tranquila, que liga a BR267 - Cidade de Olaria - à Serra do Funil) resolvemos voltar pelo asfalto até JF, parando para almoçar na cidade de Lima Duarte, sendo essa a terceira parte.
Ao final, eu poderia classificar esse percurso quase todo como fácil, indo para moderado apenas na segunda parte.
Participou dessa expedição eu, Fábio Azevedo Melo e meu grande amigo Alexandre Oscar.

2 comentários

  • Rodrigo Drum 21/nov/2018

    I have followed this trail  verificado  View more

    Percurso bem legal, porém fiz menos da metade do caminho e desisti, pois encontrei mais de 10 porteiras após uma hora de percurso, sendo uma atrás da outra, ou seja, muitas propriedades particulares.

  • Foto de 009fabio

    009fabio 27/dez/2018

    Fala Rodrigo! Quando fiz esse percurso em 2016 não tinha mais que 3 porteiras para passar... Uma pena saber que fecharam tanto assim...

You can or this trail