Coordenadas 3013

Uploaded 25 de Fevereiro de 2019

Recorded Fevereiro 2019

-
-
883 m
335 m
0
13
26
52,34 km

Visualizado 599 vezes, baixado 38 vezes

próximo a Queimadela, Braga (Portugal)

Bem-vindo às Aldeias de Portugal
Venha conhecer o melhor do genuíno mundo rural!

VALORES DAS ALDEIAS
Praias Fluviais

Descubra praias fluviais deslumbrantes no território das Aldeias de Portugal. No campo também é possível aproveitar os dias de sol em pleno. Mergulhe nestas praias de águas puras e límpidas - algumas localizadas muito perto das nascentes -, envolvidas em paisagens naturais imaculadas. Escolha um destino diferente, bem longe da azáfama das praias do litoral e das horas perdidas em filas de trânsito ou na incessante busca por um lugar de estacionamento. Dê valor ao seu tempo e saboreie as coisas simples da vida. Nas aldeias, a tranquilidade e a alegria não têm preço… Com os amigos, a família ou a dois, existem praias para todos os gostos. Umas quase selvagens, para aqueles que não enjeitam uma boa dose aventura, desportos náuticos e atividades radicais. Outras mais populares, com infraestruturas de apoio, muitas sombras, parques de lazer equipados com mesas e zonas de churrasco - o cenário ideal para um dia bem passado. Os amantes da pesca desportiva também podem lançar o anzol nestas águas e, quem sabe, levar o almoço para casa enquanto a família se diverte. Prepare a lancheira, as toalhas de praia e parta à descoberta. Escolha no mapa as suas praias de eleição e comece a desfrutar do melhor que a natureza lhe oferece!

ARQUELOGIA
No território das Aldeias de Portugal é possível revisitar a história. Conheça vestígios que testemunham a evolução da nossa civilização. As estações e núcleos arqueológicos proporcionam-lhe o acesso a este património arqueológico de uma forma simples, lúdica e divertida. Esta é uma experiência para toda a família - os miúdos adoram participar na aventura do conhecimento. Desvende o resultado de escavações arqueológicas e teste a sua cultura

ARTESANATO
Depois de explorar os recantos de cada aldeia, não deixe de conhecer as suas artes e ofícios: os bordados, a olaria, tamancaria e tanoaria...e muito mais! Os ofícios artesanais nasceram com a necessidade de criar utensílios de trabalho para as mais diversas atividades rurais. Com o desenvolvimento do turismo de aldeia, o artesanato assumiu um papel importante no desenvolvimento das economias locais. Fixam jovens artesãos e designers, que com a sua criatividade e saber desenvolvem novas roupagens para o artesanato tradicional. Leve consigo uma recordação do que mais de genuíno se produz em Portugal!

Atividades e Aventura
Entre no modo aventura. O território das Aldeias de Portugal oferece todas as condições para poder desfrutar do desporto na natureza. Por montanhas, vales e rios, usufrua do ar livre para pedalar, fazer caminhas ou praticar desportos náuticos. Respire saúde, aprecie o campo e a vida simples do dia-a-dia numa aldeia. Para os adeptos dos desportos radicais, a imaginação é o limite. Saiba que existem aldeias preparadas para potenciar atividades repletas de aventura e adrenalina. Tome nota destas sugestões e tire o máximo partido do que as Aldeias de Portugal lhe podem oferecer!

MINAS
Foram outrora instalações preponderantes no desenvolvimento económico de algumas regiões. Hoje são pontos de interesse turístico. Trace a sua rota e explore os segredos do subsolo. Visite centros interpretativos, complexos mineiros e antigas explorações romanas. Com percursos sinalizados e painéis informativos, nunca foi tão fácil desvendar o mundo oculto da geologia e das minas. Aventure-se

Miradouros
Há tanto por desvendar pelos caminhos de Portugal! Se é apreciador de paisagens, neste território irá encontrar miradouros fantásticos. Ao longo deste percurso de viagem, não hesite em fazer paragens. Serão talvez as pausas mais saborosas de um passeio pelas aldeias – aqueles momentos em que pode respirar ar puro para carregar energias e apreciar calmamente a paisagem. Leve a máquina fotográfica, prepare-se para a necessidade de fazer caminhadas e aprecie a natureza em todo o seu esplendor. Perante o seu olhar, apresentar-se-ão imagens avassaladoras para socalcos, vinhas, rios, aldeias, serras, florestas...Faça-se à estrada e conheça o Portugal profundo!

MOINHOS
Alguns destes moinhos são hoje visitáveis devido à paixão e persistência de algumas associações e gentes que procuram preservar a memória de um passado em que o trabalho comunitário era o único meio de subsistência. Neste território irá deparar-se com vários núcleos museológicos e trilhos onde terá a oportunidade de ver moinhos de água e de vento. Informe-se junto dos municípios, associações e juntas de freguesia, marque uma visita guiada e poderá até ter a sorte de ver alguns moinhos em funcionamento. Percorra os trilhos e caminhos das aldeias. Este é uma excelente forma de descobrir os encantos mais recônditos, ver os animais a pastar livremente e ver ao vivo como os nossos antepassados aproveitavam de forma sábia e ecológica os recursos naturais.

Monumentos
A visita às Aldeias de Portugal não se esgota na beleza do mundo rural. Há todo um vasto património edificado por descobrir. Estes monumentos assumem grande importância em algumas aldeias, que cresceram junto de castelos, fortes, mosteiros, igrejas, pontes e casas brasonadas. Neste território encontra a perfeita harmonia entre o património histórico e a beleza das coisas simples do campo. Atente nos pontos de interesse aqui identificados e surpreenda-se com alguns dos mais encantadores monumentos de Portugal!

View more external

Pontido-Braga-Concelho Fafe-Freguesia: Queimadela - Situada nas margens do rio Vizela, Pontido é ponto de partida para uma experiência única no mundo rural. Venha mergulhar nesta aldeia em que a natureza quase selvagem convida ao mais puro relaxamento! Pertencente a Pedraído, em Fafe, o local esteve abandonado durante três décadas e renasceu agora, pronto para acolher quem queira descobrir mais sobre este refúgio tranquilo com muito para descobrir! O local possui uma moldura única de densa vegetação, uma paisagem de carvalhal, vinha de enforcado e outras de cultivo, e um grande espelho de água – a barragem de Queimadela. Não deixe de percorrer a aldeia pelo “Trilho Verde da Marginal” que a atravessa e prolonga num passeio à volta da Barragem da Queimadela, um dos percursos pedestres assinalados. Outros traçam a Rota do Maroiço, a Rota Aldeias das Margens do Rio Vizela, ou o Trilho dos Apanha Pedrinhas, que não dispensam uma passagem pela Ponte Medieval Romana, um dos pontos de interesse do local. Encontra, também, espaços próprios para merendas e locais para tomar banho no rio, inseridos em plena natureza. O relaxante som ambiente é apenas cortado pela passagem, a toda a pressa, do Rally WRC Fafe Rally Sprint e do Rally Serras de Fafe. Para quem gosta de saber mais sobre o ambiente em que circula, é obrigatória uma passagem pelos antigos alpendre e espigueiro, hoje um Centro de Interpretação Ambiental. Para conhecer a antiga dinâmica da aldeia rural, dirija-se ao moinho e pisão, hoje recuperados, testemunhos do ciclo do pão, que se inicia com a desfolhada, animada por um tocador de concertina! A tradição foi recuperada e é possível assistir a todo o percurso do cereal à mesa! Vitela assada à moda de Fafe, cabrito, rojões e papas de sarrabulho, além de diversa doçaria tradicional minhota, são iguarias típicas que irão certamente deliciar quem passe pelo agradável restaurante do Pontido. Não faltam opções para se deixar ficar por este local tranquilo durante alguns dias: as opções de turismo rural variam entre a Casa da Burra, a Casa do Silvino, a Casa do Forninho, a Casa do Pontido, ou a Casa da Quinta, todas habitações de traça tradicional, mas pode ainda optar pelo Parque de Campismo de Queimadela.
A aldeia de Carreira está situada no sopé do Monte Merouço, na freguesia de Sobradelo da Goma, concelho da Póvoa de Lanhoso. É uma das “aldeias da saudade”, projeto desenvolvido pela ATAHCA – Associação de Desenvolvimento das Terras Altas do Homem, Cávado e Ave que visa promover as aldeias genuínas do Minho. Passe uns dias de repouso alojado numa das casas típicas minhotas, restauradas e adaptadas para turismo. O cenário convida-o a desfrutar da estadia, sem pressas e a admirar cuidadosamente a paisagem rural, repleta de campos verdes, socalcos, carvalhais e pinhais! Atente no moinho de água da aldeia de Carreira, que foi recuperado e que, em tempos, moía o grão para se fazer o pão, e visite a capelinha pertencente à Casa da Capela. Perca-se na beleza natural da região, realizando um dos dois percursos pedestres sugeridos: o Itinerário Pedestre do Ribeiro Queimado e o Itinerário Pedestre do Monte do Merouço. Pare um pouco na área de repouso existente junto a um pequeno ribeiro de águas cristalinas e aprecie o quadro bucólico! É possível que aviste algum garrano! O feijão solto com arroz, o cozido à portuguesa e o pão de ló são as especialidades gastronómicas típicas de Carreira. Em Sobradelo da Goma, freguesia na qual está inserida a aldeia de Carreira, há diversas oficinas de filigrana, onde nascem belos exemplares do artesanato tradicional da região.
Mós, Distrito Braga-Concelho Fafe, Freguesia: Aboim Situada em Aboim, Fafe, a aldeia de Mós é uma povoação tradicional com uma envolvente única. Trata-se de um miradouro natural para várias serras: da Cabreira, do Marão, da Amarela e do Gerês, para a albufeira do Ermal, e para o vale da Ribeira de Linhares. Demore-se a contemplar uma paisagem de cortar a respiração e, ao mesmo tempo, tranquila e bucólica: as serras a toda a volta, os prados verdejantes e os bosques de carvalhos conferem um cenário único a esta povoação. Para aqui chegar, terá de percorrer o sinuoso traçado da estrada municipal que atravessa a freguesia de Aboim, celebrizado pelo rally de Portugal, sobretudo pelos troços de Luílhas e da Lameirinha! Após o passeio motorizado, desacelere e venha descobrir a natureza viva e cativante num dos diversos passeios pedestres que convidam a percorrer este território de lés a lés. "À descoberta de Aboim", "Rota do Marouço" e "Aldeias das Margens do Rio Vizela", são percursos em que o contacto com a natureza e a descoberta dos cruzeiros, da capela e dos espigueiros, orgulho das gentes de Mós, estão em primeiro plano. A cerca de um quilómetro de distância, pode também visitar o peculiar moinho de vento de Aboim, o único no concelho dotado destas características. Depois do esforço físico e do ar puro que certamente lhe abrirão o apetite, delicie-se com uma densa refeição à minhota, onde não faltarão os pratos mais típicos da terra, principalmente a vitela assada à moda de Fafe. Se quiser usufruir mais um pouco desta tranquilidade rodeada de natureza, deixe-se ficar num dos dois espaços de turismo rural: a Casa de Fora ou a Casa de Domingues.
Agra, Distrito Braga - Concelho Vieira do Minho, Freguesia: Rossas Uma paisagem de rara beleza enquadra a aldeia de Agra. Localizada na freguesia de Rossas, concelho de Vieira do Minho, fica no sopé da serra da Cabreira e é banhada pelo rio Ave. Percorra sem pressas este aglomerado de casas, caminhando pelas suas ruas calcetadas em granito, e deixe-se surpreender pelos apontamentos religiosos que vão surgindo aqui e ali, como as alminhas, os cruzeiros, e a própria Capela de São Lourenço, que outrora mataram a sede à alma da população. Para matar a sede do corpo, por toda a aldeia se encontram também fontanários e bebedouros. Além da bonita paisagem natural, que alia ao ambiente serrano uma configuração recortada pelos pequenos terrenos agrícolas cultivados e divididos por muros e sebes, herança do passado agrícola, a aldeia é pontuada por diversos locais de interesse que não deve deixar de conhecer. O percurso pedestre que descobre os Moinhos do Ave ou a interessante Ponte Romana são visitas obrigatórias! As casas e restante arquitetura da aldeia revelam o seu passado e identidade marcadamente rurais, na simplicidade e funcionalidade das formas que merecem um olhar atento. No restaurante de Agra delicie-se com os pratos típicos locais, com destaque para os saborosos vitela barrosã, o cabrito e as couves com feijões! Para dedicar mais tempo a usufruir deste local tranquilo, escolha um dos alojamentos da povoação: Casa do Cruzeiro, Casa do Delgado e Casa da Varanda da Eira. Se quiser levar uma lembrança desta bonita aldeia para casa, saiba que além de adquirir peças artesanais típicas feitas no local, com destaque para a tecelagem e os bordados, pode mesmo aprender a elaborar estes objetos - e queijos artesanais - na oficina existente na aldeia!
Busteliberne-Braga-Cabeceiras de Basto-Freguesia: São Nicolau Em plena serra da Cabreira, à cota de 800 metros, ergue-se a aldeia de Busteliberne, parte da freguesia de Cabeceiras de Basto (São Nicolau), no concelho de Cabeceiras de Basto. Pensa-se que Busteliberne terá começado por ser um conjunto de tradicionais abrigos de pastores, tendo depois progressivamente evoluído para o aglomerado rural que conhecemos hoje. É uma aldeia tipicamente serrana, com as suas casas e moinhos dispostos em socalcos, chegando a confundir-se com rochas. Caminhe a pé pela povoação, é a melhor forma de a conhecer e sentir. O percurso pedestre da Veiga, num total de 14 quilómetros, não deixa de fora nenhum dos principais pontos de interesse da aldeia e suas imediações: a capela, recentemente remodelada; achados arqueológicos em Lameiras, São Nicolau; a pista de aviação de recreio de Moinhos do Rei, em Abadim; o cercado de veados e o centro de fomento cinegético de Moinhos do Rei, também em Abadim; e o Mosteiro de São Miguel de Refojos na sede de concelho. Não deixe também de observar os fascinantes exemplos de “engenharia” rural que são o caminho de atravessamento e a levada. O caminho define o limite entre os espaços construídos e os agrícolas; a levada, que nasce no ribeiro do Moureirinho, foi "desenhada" de forma a que a força da água alimente um conjunto de moinhos, bem como lavadouros e tanques, e no fim regue parte dos lameiros da zona poente da aldeia. Elementos estruturantes que são, atualmente, um dos grandes atrativos de Busteliberne. O mel e os enchidos são os produtos mais típicos da gastronomia local. Dê tréguas à dieta e usufrua dos sabores de Busteliberne!

Comentários

    You can or this trail