-
-
481 m
95 m
0
15
31
61,13 km

Visualizado 2567 vezes, baixado 28 vezes

próximo a Vendas de Travanca, Viseu (Portugal)

Fazendo a ligação entre Viseu (Avenida Europa) e Sernada do Vouga, onde ainda chegam os comboios desde Espinho, são mais de 75 km. Numa linha, que na sua origem, entre Espinho e Viseu, percorria 140. A Sernada do Vouga chegam ainda, comboios vindos do Ramal de Aveiro, que se mantém activo.

À saída de Viseu não se vislumbram sinais da antiga linha, já que o espaço por esta ocupado foi aproveitado para construir novas avenidas de acesso às aldeias limítrofes, que entretanto ficaram sem ligação férrea à cidade. É assim, na ampla Avenida Europa, e depois, em Abravesses, Pascoal e Campo (Mozelos). Só a partir de Travanca Budiosa damos início à Ecopista verdadeira, perfeitamente definida pelos declives pouco acentuados (impreteríveis ao avançar de um comboio) e aos túneis, pontes, e relevos de pedra recortados à máquina e/ou a explosivos, por onde – Ainda à pouco mais de vinte anos - passavam as auto-motoras da CP.

Por conversas com alguns elementos da população, fiquei também a saber, que nem todas as travessas de madeira e carris de aço foram levantados (…às vezes ainda se sentem, e vêem…). Esse processo foi sendo realizado consoante as construções de estradas, que entretanto se tornaram obrigatórias, para servir as povoações e casas, que até ao final do século passado viviam marcadas pela proximidade do Comboio.

Todo este trajecto, assim, tal qual se encontra, é uma das formas mais atractivas de andar descontraidamente em BTT, e conhecer o nosso belo e heterogéneo país. Por ter declives constantes e pouco acentuados, torna-se acessível a qualquer bttista e proporciona um passeio lúdico e de cariz histórico/geográfico, que, de outra maneira seria muito difícil ou de acessibilidade reduzida. No fundo, é dar proveito à(s) grande(s) obra(s), desenvolvidas desde o final do século XIX até meados do século XX, e que cobriam quase todo o território Português de linhas férreas.

Mais informação cerca desta ecopista no Blog NezClinas:
http://nezclinas.blogspot.pt/2011/11/ecopista-do-vale-do-vouga.html

Mais Ecopistas no NezClinas:
http://nezclinas.blogspot.pt/search/label/Ecopistas

View more external

01-NOV-11 11:15:47
01-NOV-11 13:10:22
01-NOV-11 10:11:45
01-NOV-11 9:51:58
01-NOV-11 8:42:35
01-NOV-11 10:36:43

2 comentários

  • Alvega 5/nov/2013

    Olá

    Para percorrer este traçado é indispensável o uso do GPS ou consegue-se seguir o caminho/trilho apenas com base na leitura do terreno?

    :)

    Obrigado

  • Foto de nés

    nés 5/nov/2013

    Aqui colo a resposta deixada no blog NezClinas:

    Caro R. Jordão,
    Claro que com GPS seria mais seguro e fácil seguir o traçado, mas também o pode fazer sem esse aparelho. Como poderá ver pelas fotografias expostas, e pelas que estão no álbum do picasa, ao qual pode aceder pelo link colocado antes das fotos, há alguns pontos de possível engano. Posso tentar dar umas dicas, mas o melhor é mesmo olhar para as fotos e tirar referências. Desde logo, e para evitar perder-se, deve iniciar o trajecto em Travanca Budiosa, a cerca de 8 km de Viseu. Depois e que eu me recorde, tem que atravessar a estrada em frente à estação de São Pedro do Sul para, atrás de uma rede voltar à antiga linha férrea, em Oliveira de frades também terá que fazer um desvio.. Bem, não será fácil, tem que ir perguntando e procurando... O ideal era fazer este passeio com alguém que tivesse GPS, ou pedir um emprestado.
    Espero que corra tudo pelo melhor e boas pedaladas.
    Cá estarei para alguma duvida.
    Cumprimentos,
    João Galvão

You can or this trail