Horas  7 horas 43 minutos

Coordenadas 3617

Uploaded 25 de Abril de 2017

Recorded Abril 2017

-
-
1.032 m
551 m
0
11
22
43,65 km

Visualizado 590 vezes, baixado 9 vezes

próximo a Piaçu, Espírito Santo (Brazil)

Roteiro: Realizar travessia de bike de Iúna a Domingos Martins, em três dias, percorrendo trecho da Rota Imperial (http://www.rotaimperial.org.br/), em um total aproximado de 200 km, em estradas de terra com aclives e declives acentuados.

Logística: Ônibus de Vitoria/ES para Iúna pela viação Águia Branca (R$ 54,00), com saída às 8;15h e chegada às 12:40h. Levaram a bicicleta no bagageiro sem nenhum problema. Necessário desmontar a roda dianteira. Informaram no guichê que haveria uma taxa extra (50% do valor da passagem), mas não cobraram. Para retorno, ônibus de Domingos Martins para Vitória, pela Águia Branca, vários horários tanto pela manhã quanto a tarde (R$ 11,00).

Bagagem: O mais leve possível, pois em vários trechos há necessidade de empurrar a bike, seja pela precariedade da estrada ou pelo aclive acentuado (ou os dois juntos). Fui apenas com saco estanque no guidão com aproximadamente 1kg (muda de roupa), mochila de 22l com aproximadamente 2Kg (eletrônicos, Crocks, snacks, produtos de higiene e kit farmácia) , bolsa de quadro com aproximadamente 1kg (ferramentas, kit reparo e bomba) e cantil de água no quadro (1 l).

Hospedagem: Em dormitórios nas cidades de apoio.
1ª Noite – Piaçu (Distrito de Muniz Freire/ES), no dormitório do Zé Dadico (R$ 25,00, sem café), mas quem administra é a filha dele (são dois quartos simples, somente com uma cama). Basta perguntar no posto de combustível, na entrada do distrito, pela casa do seu Zé Dadico.
2ª Noite – Venda Nova do Imigrante/ES, com várias opções de hospedagem para todos os bolsos. Fiquei no hotel mais econômico que encontrei: Hotel Canal, localizado na rodovia do outro lado da Rodoviária da cidade. Quarto simples com duas camas e ventilador (R$ 40,00, com café).
3ª Noite – Domingos Martins, no Dormitório Martinense, localizado em um posto de combustível dentro da cidade. Quarto simples com duas camas, TV e ventilador (R$ 50,00, sem café).

Água e comida: Em todo o trajeto existem casas de moradores onde é possível conseguir água gelada, mas tem que ter muito cuidado com os cachorros. Basta levar um cantil de um litro aproximadamente, que é suficiente. Todos são solícitos e ficam curiosos com o pedal. Durante o trajeto, somente snacks (banana passa, castanhas, chocolate, etc.), de hora em hora, e bastante água. As refeições foram realizadas a noite, nos pontos de dormida (todos têm boas opções, em torno de R$ 20,00). No trajeto existem mercadinhos, não sendo necessário levar todos os snacks.

Trajeto: Todo o trajeto é marcado por sinalização característica da Rota Imperial. São marcos de concreto, tipo totens, com informações básica de distâncias e altitude. Importante sempre seguir a direção paralela ao marco. Em alguns locais parece confuso, mas basta seguir a estrada mais alinhada à placa. Quando não houver marco ou estiver caído ou danificado, basta perguntar a algum morado pela “estrada das placas de concreto” (a maioria conhece assim, não adianta perguntar pela Rota Imperial, que ficam na dúvida).

Dia 1 – Iúna a Piaçu: A partir da Prefeitura de Iúna é possível alcançar a saída da cidade que leva à Rota Imperial. O 1º trecho possui aclives acentuados. Importante estar preparado, pois foram mais de duas horas subindo e em muitos trechos empurrando a bike (https://pt.wikiloc.com/wikiloc/view.do?id=17423682). O 2º trecho é marcado por descidas também acentuadas. Importante a equipamento estar em dia, pois são praticamente 10 km segurando no freio (https://pt.wikiloc.com/wikiloc/view.do?id=17360612).

Dia 2 – Piaçu a Venda Nova do Imigrante: Ao lado da praça principal existe um marco que indica a direção para a Rota Imperial. No início do percurso tem uma subida muito forte, sendo necessário empurrar a bike em alguns trechos. Logo a frente a estrada praticamente desaparece, existindo em seu lugar uma trilha em subida muito acentuada. Trecho relativamente curto, mas que exige muito esforço, pois são aproximadamente 500m empurrando a bike morro acima. Passa-se por Conceição do Castelo, cidade do ES, com aproximadamente 12 mil habitantes, onde existe uma loja de bicicleta muito boa, próxima a Prefeitura, com peças e oficina. Chega-se em Venda Nova em torno do meio da tarde, havendo tempo suficiente para encontrar acomodação mais adequada e aproveitar um pouco da cidade, que é um polo turístico (https://pt.wikiloc.com/wikiloc/view.do?id=17423712).

Dia 3 – Venda Nova do Imigrante a Domingos Martins: não apresenta muita dificuldade em relação a aclives acentuados, com exceção do morro logo que termina o asfalto, que é muito íngreme, sendo necessário empurrar a bike em algum momento. A dificuldade do trecho é em relação ao seu conjunto, pois são praticamente 90 km de descidas e subidas constantes, somente quando se aproxima da cidade que fica mais plano. Foram 11 horas de pedal em baixo de chuva, com muitas paradas para descanso e hidratação. O maior distrito é o Tijuco Preto, mais ou menos na metade do trajeto (https://pt.wikiloc.com/wikiloc/view.do?id=17423791). Esse trecho, percorri todo debaixo de chuva, com muita lama e escorregadio, principalmente nas subidas, onde se perde a tração, o que exige mais do equipamento e maior esforço.

Conclusão: Pedal realizado em estradas de terra, com pouca passagem em asfalto. Exige prepara físico e equipamento apropriados. Deve-se ir leve, pois o trecho é exigente e qualquer peso a mais faz muita diferença. Água, comida e hospedagem disponíveis no caminho. As paisagens são muito bonitas, repletas de montanhas e propriedades rurais, com cachoeiras e rios. Infelizmente, a cultura de eucalipto substituiu a mata atlântica em praticamente toda a rota. São poucos os trechos que se passa por dentro da mata atlântica original, sem interferência humana. Apesar disso, recomendo fortemente o pedal principalmente para aqueles que querem contato com a natureza e conhecer recantos pacatos desse nosso Brasil.
Marco 244 - Piaçu
Marco 240
Café Monforte
Escola
Marco 220
Conceição do Castelo
Marco 203
Marco 198
Marco 196 - Entroncamento com rodovia
São João de Viçosa
Venda Nova do Imigrante

Comentários

    You can or this trail