-
-
1.031 m
386 m
0
22
43
86,88 km

Visualizado 435 vezes, baixado 8 vezes

próximo a Padrón, Galicia (España)

Primeira etapa desta segunda parte do caminho Primito entre Fonsagrada e As Seixas

Mais um Caminho concluído este verão, num ano em que aproveitei tal época para terminar alguns dos projectos que tinha deixado pendentes em ocasiões anteriores. Foi assim com os já apresentados; GR 12 / GR 10 (Portugal/ Espanha), traçado usado para chegar a Cuidad Rodrigo, atravessando a Serra da Gata, desde Termas de Monfortinho, e daí recomeçar – o também já apresentado – O Caminho Torres, outrora iniciado em Salamanca, mas que pelas intensas chuvas, originadoras de desgovernados caudais, tive que abortar, já perto da fronteira. Depois destes, chegado à Galiza, equacionado o tempo disponível, foi-me possível pegar noutro trajecto. Abandonado em Dezembro de 2010 a conselho de um amigo da protecção civil de Fonsafrada, onde, por entre frio, chuva, neve, e intempérie, teimosamente avançava na ilusão de atingir Santiago.
Deste Caminho Primitivo, no qual tinha percorrido quase 180 km, posso falar-vos agora com mais pormenor. Analisado no terreno, e à-posteriori, conclui-se que é realmente um dos mais atraentes, mas ao mesmo tempo, um dos mais duros e bravios, já que temos maior presença da componente técnica, no terreno. A percentagem de trilhos, singles e caminhos florestais é superior à maioria dos Caminhos, que os ciclistas estarão habituados. Estes cerca de 335 km que distam entre Oviedo e Santiago de Compostela – Mais 130 km se iniciado em Leon, pelo Caminho San Salvador – Cruzam duas regiões do norte de Espanha, Astúrias e Galiza, e as províncias de Oviedo, Lugo e A Coruña.
As localidades mais importantes desde Oviedo, são: - Grado , Salas, Tineo, Pola de Allande, A Fonsagrada, Castroverde, Lugo, Melide e Arzúa, estas duas últimas localidades, comuns com alguns dos outros Caminhos de Santiago mais concorridos, nomeadamente o Francês e o do Norte.


O Caminho deve o seu nome; - Primitivo, ao facto de ter sido o primeiro a ser percorrido por Peregrinos. Diz a história que um dos estreantes a caminhar (terá sido maioritariamente a cavalo, por certo) em Peregrinação, é o Rei D Afonso II, Rei asturiano do início do Século IX, que saiu de Oviedo, capital do último reduto cristão na Península Ibérica, até a meados do Séc. VIII, em direcção a Campus Stellae (Santiago de Compostela), ao ser avisado por Teodomiro, Bispo de Iria Flávia (actual Padron, em óbvia conotação com o Padrão de pedra, onde foi amarrada a barcaça, conduzida pelos dois discípulos; Atanásio e Teodoro), da descoberta dos restos mortais do Apóstolo Sant’Yago, o Maior, por um eremita, de seu nome Pelayo (Paio) [Ossadas essas que estiveram incógnitas durante oitocentos anos, no bosque Libredón]. Foi assim que “O Casto”, movido pela sua fé cristã, e, por uma vontade inadiável de visitar tal achado, (tratava-se de um dos doze apóstolos de Cristo; Jacob, o filho de Zebedeu), ajudou a criar este autêntico fenómeno de força e devoção, que foi crescendo – Com altos e baixos, bloqueios e alterações – até aos dias de hoje.

Mais informação do caminho Primitivo no Blog NezClinas:
http://nezclinas.blogspot.pt/2013/10/caminho-primitivo-santiago-fonsagrada.html

View more external

23-AGO-13 17:24:25
23-AGO-13 9:52:38
23-AGO-13 7:41:10
23-AGO-13 10:58:43
23-AGO-13 6:42:05
23-AGO-13 9:30:36
23-AGO-13 9:11:42
23-AGO-13 12:59:50
23-AGO-13 14:07:11
23-AGO-13 8:12:27
23-AGO-13 15:49:52
23-AGO-13 10:44:26

Comentários

    You can or this trail