-
-
984 m
52 m
0
106
212
423,78 km

Visualizado 30220 vezes, baixado 1003 vezes

próximo a Viseu, Viseu (Portugal)

Mais uma alternativa de progressão até Santiago de Compostela.
Antigo Caminho Interior, agora reconvertido, que progride desde Viseu, em direcção a Norte, passando por Castro D'aire, Lamego, Peso da Régua, Santa marta de Penaguião, Vila real, Vila Pouca de Aguiar e Chaves, onde se colará ao Caminho Sanabrês, via Verin.
A inauguração oficial deste "novo" traçado aconteceu em Abril de 2012.
Com este Caminho surgem também alguns Albergues novos, com capacidade para albergar de 10 a 60 peregrinos.
Não foram muitos os Peregrinos que encontrámos por este "novo" Caminho de Santiago.
Somente Alguns amigos Chilenos e uma Portuguesa, que vinham de Viseu.
Por carregarmos as bicicletas com volumosos alforges passámos por algumas dificuldades, para transpor o Alto Douro Vinhateiro. Talvez, a parte mais espectacular, mas ao mesmo tempo, nem sempre clicável, deste trajecto, em direcção a Santiago.
Poder-se-à dizer que este Caminho é essencialmente, um Caminho para pedonais.

Mais informação desta etapa no Blog NezClinas:
http://nezclinas.blogspot.pt/2012/09/caminho-portugues-interior-santiago.html

Mais sobre o caminho Português Interior, no NezClinas:
http://nezclinas.blogspot.pt/search/label/A%20Santiago%20em%20BICI.%20-%20Caminho%20Portugu%C3%AAs%20INTERIOR

View more external

28-AGO-09 8:49:13
28-AGO-09 11:26:04
27-AGO-09 9:54:36
24-AGO-12 15:41:17
26-AGO-09 19:10:30
28-AGO-12 17:07:20
28-AGO-09 16:38:04
23-AGO-12 18:19:31
27-AGO-09 11:26:17
24-AGO-12 17:10:43
28-AGO-09 14:24:29
25-AGO-12 18:39:54
24-AGO-12 22:06:48
27-AGO-09 16:30:30
27-AGO-09 8:02:46
24-AGO-12 9:40:26
27-AGO-09 17:23:20
28-AGO-09 9:15:26
30/06/2007
27-AGO-09 17:34:55
28-AGO-09 14:16:02
27-AGO-12 18:21:26
17-AGO-12 23:20:59
27-AGO-08 11:42:27

39 comentários

  • Ilidio M Esteves 18/set/2012

    Boa tarde
    Quantos dias?
    Um abraço

  • Foto de nés

    nés 18/set/2012

    Boas,
    Nós fizemos em 8 dias, porque fomos em "classe turística", isto é, apenas com o intuito de passear e descobrir zonas pelas quais nunca tínhamos passado.
    Quem quiser andar um pouco mais por dia, pode fazer este caminho em 6 ou 7 dias. Mas atenção, algumas etapas, principalmente as que contemplam o Douro Vinhateiro, são em grande parte, feitas com a bicicleta à mão.
    Boas voltas e bom caminho
    João Galvão

  • Foto de texranger

    texranger 30/jan/2013

    Olá. Quero fazer este caminho em Maio 2013 e tenho uma duvidazita: vocês foram em classe turistica mas eu quero fazer em versão btt dura e pura. Utilizaram neste track muita estrada? havia opções de terra batida e foram por estrada ? Pareceu-me que ao observar melhor este track vocês o tivessem feito. Cumps

  • Foto de AndréCarvalho

    AndréCarvalho 31/jan/2013

    Boa noite!
    Este caminho está sinalizado???
    Conseguimos faze-lo sem GPS?
    Cumps

  • Foto de nés

    nés 29/mar/2013

    Boas,
    Este trajecto, aqui representado, representa na íntegra a marcação oficial dos Caminhos de Santiago, versão Caminho Português Interior desde Viseu, e salvo algum desvio natural, como uma dormida ou uma comida, ou ainda, alguma visita de interesse histórico/turístico, respeita todo o trajecto proposto.
    Apesar de não estarem completamente ausente, os troços asfaltados, representam uma minoria na totalidade deste track.
    Quanto à sinalização, é perfeitamente exequível seguir este trajecto (pelo menos à época em que por lá andei) somente com as marcações do caminho, quase sempre traduzidas pelas vulgares setas amarelas. Podem no entanto aparecer algumas dúvidas, que, com o apoio de um GPS serão facilmente (e rapidamente) torneadas. Lembro-me por exemplo de uma descida a um vale profundo em pleno Douro Vinhateiro, antes da dormida em Bertelos, onde o desaparecimento de uma marca leva ao erro de algumas centenas de metros e algum tempo perdido...
    Se tiverem aparelho GPS não hesitem em levar... Se não o tiverem, não hesitem em fazer o Caminho...Na mesma...lol
    Bom Caminho!

  • DIOGO_PRONTO 5/dez/2013

    Boas, é possível fazer este track de Jipe (4x4) entre Viseu e Lamego? ou é muito apertado/estreito para passar um automóvel?

  • Foto de nés

    nés 5/dez/2013

    Caro Diogo,
    Sinceramente, não me parece muito aconselhável. Como caminho pedonal que é, de vez em quando tem alguns singles que não dariam lá muito bem para jipe.
    Além de poder estragar o carro, vai estragar os Caminhos.
    Espero ter ajudado. Cumprimentos,
    João Galvão (Nés)

  • jlalmeida 6/mar/2014

    Caro Diogo, eu tb sou um amante do TT, um pouco do 4x4 e mais do BTT. E olha que há por aí tanto sítio para curtires o 4x4 que bem podes deixar os trilhos de peregrinação para o fim para que foram criados.
    ....

  • DIOGO_PRONTO 6/mar/2014

    Mas porquê essa agressividade toda senhor jlalmeida, conhece-me de algum lado para insinuar que eu utilizo trilhos pedonais para fins de 4x4? Sou praticante de 4x4 há mais de uma década de anos, sei muito bem destingir uma coisa da outra, se calhar sei melhor que alguns caminheiros, ou peregrinos, pois mais que uma vez já fui limpar os trilhos que os peregrinos sujam ... Fiz apenas uma questão pois o track está identificado como BTT e não como pedonal ou caminhada, e como tb sou praticante de BTT sei que em 70% dos casos os trilhos são de automóveis. Como este track tem mais de 400km eu questionei apenas se em 70km's (entre viseu e lamego) era possível passar uma viatura (coisa perfeitamente normal), visto que na altura andava a programar mais um Lés a Lés de Portugal. Enfim um comentário infeliz e desnecessário da sua parte, dado que em Dezembro de 2013 o autor deste track, o senhor Nés, já me havia e bem respondido.

  • Foto de nés

    nés 6/mar/2014

    Boas,
    Fiquei surpreso com este "pequeno buzilis", que espero desde já resolvido. Este é um espaço público mas também é um espaço de concórdia e tolerância. Eu facilito - Com todo o gosto - Todos (ou quase todos) os meus tracks, para que possam ser usados por outros "Aventureiros" como eu (Como nós). Claro que cada um tem os seus interesses, e os seus meios de locomoção preferidos. O que posso dizer neste momento, é que estarei sempre disponível para ajudar e/ou tirar alguma duvida que possa surgir perante os trajectos (este, ou outros), no entanto, peço a todos que se tiverem questões pessoais, as comuniquem em mensagem privada, que é o meio indicado para tal.
    Mais uma vez espero ter ajudado e reafirmo a minha inteira disponibilidade para esclarecer o que quer que seja, em relação aos traçados que exponho.
    Óptimas pedaladas para todos, e façam o favor de serem felizes....
    João Galvão (Nés)

  • Foto de danielperucho

    danielperucho 5/mai/2014

    Já fiz este caminho em btt em 2013, muito bonito é fantastico.
    Muito bem sinalizado, fiquei no albergue em Vila Pouca de Aguiar, atenção porque não tem água quente (ou seja tem um deposito de 30 litros ... insuficiente). É um caminho fantastico um dos mais bonitos que fiz, que não são poucos, boa paisagem e boa comida.
    Um abraço Pererinos / Bicigrinos

  • Foto de danielperucho

    danielperucho 5/mai/2014

    Muito Bom

  • Foto de imta

    imta 3/jul/2014

    Para que em Santiago nos dêem a Compostela (certificação em como fizemos o caminho) é necessário ir carimbando uma espécie de passaporte ao longo do caminho, pelos locais onde passamos. Sei que em Espanha quem carimba são as igrejas e os albergues. Podia dizer-me se em Portugal os albergues e igrejas fazem esse tipo de serviço?
    Cumps

  • Foto de nés

    nés 4/jul/2014

    Fazem sim Imta,
    Mas também são oficializados todos os carimbos de entidades públicas; como a Polícia, os municípios, os Bombeiros e as próprias Igrejas. Para ter direito à compostelana deve carimbar no mínimo, duas vezes por dia a "Credencial" com carimbos "oficiais", de preferência em Albergues, por onde for passando. Também pode carimbar com restaurantes e locais de passagem para memória futura mas deve ter dois carimbos por dia de entidades do Caminho.
    Espero ter ajudado... Bom Caminho!

  • Foto de António Almeida

    António Almeida 6/ago/2014

    Fiz este caminho a pé em Agosto de 2012.
    De Viseu a Chaves fui completamente só.
    Foi simplesmente espectacular. As paisagens são incriveis, do melhor.
    O facto de se ir só é algo que não é para todos, mas para os que o conseguem fazer é simplesmente maravilhoso.
    Em 2012, os únicos sitios mal marcados eram em Lamego.
    Em todos os outros sitios estava muito bem marcado.
    Bom caminho.

  • Foto de António Almeida

    António Almeida 6/ago/2014

    I have followed this trail  View more

    Duro, temperatura a atingir os 38 Graus, mas do melhor que já fiz...

  • Kakabogas 11/fev/2015

    Boas,
    Tenciono fazer o caminho este ano com um grupo de amigos, mas saindo de Vila Real e chegar a Santiago em 3 dias. Obrigado pela partilha da experiência e dos tracks João.

  • Foto de Luís Requicha

    Luís Requicha 31/mar/2015

    Pela sua experiência qual seria a melhor altura do ano para fazer o caminho?
    Li no seu blog que disponha das etapas feitas por dia porém não encontrei as mesmas! Será possível partilhar as mesmas e os albergues onde passaram as noites? Peço desculpa por tanta pergunta e desde já agradeço toda e qualquer ajuda pois é a primeira vez que faço um percurso de vários dias e gostava de ter tudo planeado da melhor forma. Visto que fez o percurso na integra que desejo fazer não vejo melhor ajuda possível, agradeço desde já a disponibilização do track que vai dar também um maior à vontade durante o caminho ;)

  • Foto de nés

    nés 31/mar/2015

    Boas Luís,
    Percebo perfeitamente as suas dúvidas e questões, ainda hoje e depois de ter feito dezenas de viagens de vários dias ainda sinto a mesma necessidade de preparar a logística e o mesmo nervoso miudinho da partida. Vou-lhe enviar um link do blog mais completo sobre o caminho interior, onde pode tirar as dúvidas e planear da melhor maneira o seu trajecto. O track já tem? - É isso?
    No nosso caso fomos três amigos e fizemos a viagem com a máxima tranquilidade, de tal maneira que houve um dia em que só progredimos 18 km´s. Também tem a informação dos albergues no tal link (em baixo), mas nós dormimos em Bigorne, Bertelos, Vila Real, Chaves e Albergaria

    http://www.cpisantiago.pt/o-caminho/o-tracado/

    Espero ter ajudado. BOM CAMINHO!

  • Kakabogas 7/mai/2015

    I have followed this trail  View more

    Muitas zonas para quem gosta de BTT desfrutar. O Caminho é duro mas as paisagens e a variedade de trilhos é aliciante. Fiz nas condições mais duras, com muita chuva, o que na zona agrária de Ourense, a lama até nas descidas obrigava a pedalar. Fabuloso, adorei!

  • norbertofh 6/set/2016

    Estou a ponderar juntar este Caminho à minha "coleção" e fazê-lo em 2017.
    Como já fiz o Sanabrês em 3 ocasiões diferentes, gostaria de conhecer alguns percursos alternativos. Tenho visto aqui no wikiloc alguns tracks deste Caminho que em Verín tomam a direção de Vila de Rey, confluindo para o Sanabrês apenas em Ourense.
    Sabem dizer-me se essa variante é oficial e se está marcada?

  • Foto de nés

    nés 13/set/2016

    Boas Norbertofh,
    Este Caminho de Santiago está marcado e sinalizado e faz parte dos trajectos oficiais do Caminho.
    Cumprimentos,
    João Galvão

  • norbertofh 13/set/2016

    Obrigado João. Sim este percurso que está neste track coincide com o Caminho Sanabrês a partir de Verín. A minha dúvida prendia-se com uma alternativa que liga Verín a A Venda do Río e que surge no site oficial do Caminho Português do Interior (o site que indicou num comentário seu mais acima).
    Entretanto percebi que essa alternativa é, na realidade, a variante de Verín do Caminho Sanabrês. A que tem no seu track aqui no wikiloc é a variante de Laza.

  • norbertofh 30/dez/2016

    Uma questão: o facto de não terem iniciado o Caminho em Farminhão (que, segundo o site oficial do Caminho, é onde este começa) deve-se a algum facto em especial, ou foi apenas uma opção vossa?

  • demacedovitor21 29/ago/2017

    Caro Nés !
    Sou de Braga e estamos a 29 /08/2017 não sei se ainda se encontra activo , mas aqui vão as minhas dúvidas para nova esta aventura para a próxima semana se Deus quiser.
    A primeira seria se posso pernoitar na primeira noite em Viseu em albergue publico se é que há albergue.
    A segunda é também sobre os albergues, já tentei pesquisar sobre a rede de albergues e nada consegui , pois para mim menos de trinta kms é pouco e iria mais pelos albergues do que pelas aldeias ou cidades.
    E por fim a sinalética mas creio que já respondeu a outros peregrinos .
    Muito obrigado pela ajuda e abraços fraternos.

  • Foto de António Almeida

    António Almeida 29/ago/2017

    Bom dia companheiro.
    Viseu tem albergue publico. De seguida tem em Almargem menos de 20Kms. ou no caso de querer fazer 42Kms tem em Ribolhos .
    A partir daqui é que as coisa se complicam. LAMEGO e RÉGUA não têm um único albergue, logo o próximo é Bertelo Santa Marta que fica a pelo menos 70 Kms de Ribolhos.
    De Bertelo o próximo é Vila Real (fechado em Agosto) já passas em Setembro, mas são só 11 Kms, não apetece para ao fim de tão curto espaço como tal o ideal é ir até Parada de Aguiar e esquecer Vila Real que dá uma etapa de 43 Kms.
    A partir daqui tens Bombeiros em Vidago e Chaves mas podes optar por ir até Vilarelho da raia que tem albergue e entrando em Espanha já não te faltarão Albergues e o de Verin é dos melhores que já encontrei nos caminhos.
    Eu voltei a fazer este caminho este ano, cheguei à 1 semana, andei sozinho entre Viseu e chaves e digo-te é ESPECTACULAR. a falta de albergues em Lamego e Régua resolvia com amigos que tenho em Lamego e Vila real. Depois tudo foi muito simples.
    Este caminho é duro mas muito bonito. na zona de Santa Marta junto às vinhas há sítios onde poderás ter alguma dificuldade, o ideal é levar track de GPS.
    Alguma dúvida não hesites. para facilitar a comunicação ([email protected])
    Abraço

  • norbertofh 29/ago/2017

    O meu Caminho deste ano inclui também o Caminho Português do Interior. Fi-lo em bicicleta e posso dizer que foi bem durinho (a forma física não muito elevada e a onda de calor de Junho também não ajudaram).
    Quanto à questão dos albergues, pode consultar o seguinte site, tem lá toda a informação:
    http://www.cpisantiago.pt/albergues/
    Sugiro que consulte e aponte logo os contactos e localizações, dado que o site volta e meia está em baixo.
    Aconselho também a levar o track GPS num aparelho de GPS ou num smartphone, porque há umas quantas zonas que estão mal marcadas e que sem o track confesso que teria dificuldade em me orientar.
    Finalmente, este track em concreto já está desatualizado face à marcação atual do Caminho. Em Bigorne, segundo este track, seguir-se-ia pela estrada nacional. No entanto ao chegar a Bigorne, em vez de seguir em frente pela N2 as setas da marcação atual levam-nos a virar à direita, subindo e descendo pelos montes (creio que chega mesmo a passar pelas eólicas). Ou seja, o percurso atual será certamente mais duro, mas também mais bonito. No meu caso, como ia de bicicleta e com receio do calor, optei por seguir o track que levava (este em concreto).
    Bom Caminho!
    www.rumoasantiago.com

  • demacedovitor21 29/ago/2017

    5 estrelas

  • demacedovitor21 29/ago/2017

    Caros Norberto e Antônio! Já não se me estou a repetir porque já enviei dois comentários a agradecer a vossa camaradagem, mas como não o vi publicado. Aqui vai um grande abraço para todos e muito obrigado. Já vou mais informado e mais confiante. Bom caminho. Ultreia!

  • norbertofh 29/ago/2017

    Uma sugestão adicional: contacte previamente todos os albergues onde conta ficar. Basta com um ou dois dias de antecedência.
    É que como este Caminho é muito pouco frequentado, os albergues não têm ninguém permanentemente por perto. Por isso convém avisar para que o responsável de cada albergue esteja a contar consigo para depois lhe abrir a porta.

    De referir que todos os albergues onde fiquei têm muito boas instalações. Em Bertelo pode inclusivamente solicitar que lhe entreguem o jantar no albergue, pois quem trata do albergue é uma associação que administra um lar de idosos meia dúzia de quilómetros depois do albergue. A comida é tipo comida de cantina, mas como não há nada nos arredores, é melhor do que nada :).

  • Foto de nés

    nés 29/ago/2017

    Boas a todos e obrigado pelos comentários e ajudas de e para todos os futuros utilizadores deste e de outros caminhos.
    Realmente este traçado já esta um pouco desactualizado visto ser de 2012, ano inaugural do mesmo. para seguir todas as marcações deverão consultar um traçado mais actual e fidedigno. Do que li, apenas me apraz acrescentar que em Lamego já utilizei mais do que uma vez, uma casa paroquial ou seminário, que facilita as dormidas e comidas aos peregrinos.É à saída de Lamego para o Peso da régua, e fica do lado esquerdo. Em Bertelo, se não me engano também fornecem o pequeno almoço.
    De resto, e salientando o que já foi dito, volto a frisar que este Caminho tem partes difíceis para as bicicletas.
    Para quem quiser outra alternativa a Santiago, Tem também o pouco explorado Camino Torres.
    Bom Caminho a todos.
    João Galvão

  • Foto de António Almeida

    António Almeida 29/ago/2017

    Olá pessoal.
    Em Lamego tinham a Casa de Retiros de S. José. Pois quando lá cheguei tinha completado 39 Kms para me dizerem que estavam encerrados para obras.
    Bigorne já teve, Penude também mas de momento nenhum deles me deu abrigo, encerrados.
    Como disse atrás passei lá há uma semana.

  • demacedovitor21 29/ago/2017

    Caros Norberto e Antônio! Já não se me estou a repetir porque já enviei dois comentários a agradecer a vossa camaradagem, mas como não o vi publicado. Aqui vai um grande abraço para todos e muito obrigado. Já vou mais informado e mais confiante. Bom caminho. Ultreia!

  • demacedovitor21 30/ago/2017

    Caros Nés e Antônio, nunca é demais as informações e as dicas de quem já fez o caminho. De certa maneira é o que busco , fugir à massificação do caminho Português que já fiz duas vezes. Mas por outro lado fico apreensivo com as vossas experiências e já me instalaram o nervosismo da véspera de fazer a mochila. Mas por outro lado um pouco graças a vós mais decido e mais confiante. . Bem hajam . Abraços Ultreia.

  • Foto de António Almeida

    António Almeida 30/ago/2017

    Se fosse fácil ias encontrar muitos peregrinos, como não é poderás não encontrar nenhum que foi o meu caso. O gozo que me dá é precisamente a possibilidade de poder andar só, falando com as boas gentes das aldeias.
    Mas digo-te que a minha vontade era, se pudesse voltar a fazê-lo já para a semana.
    Bom caminho companheiro.

    PS:
    Em Ribolhos envia cumprimentos p/f à D. Cordália, é uma excelente hospitaleira.

    Abraço.

  • norbertofh 30/ago/2017

    Este não é o Caminho indicado para conviver com outros peregrinos, porque são raros por lá :)
    Fiz o Caminho em Junho e de Viseu a Verin cruzei-me com... zero peregrinos. O primeiro que encontrei foi no albergue de Verin.
    Pode ser que agora que o tempo esteja mais fresco que haja mais gente.
    Mas estou como o António, entre a massificação do Português ou do Francês, de longe prefiro o "deserto" deste Caminho. Desde 2010 já levo 8 Caminhos feitos e os que mais me marcaram foram os menos frequentados (Via de la Plata em 2012 e o deste ano que incluiu, para além do Interior, o Português em sentido contrário até Albergaria-a-Velha, a ecopista do Vouga - que também está classificada como Caminho de Santiago -, Sanabrês ao contrário até Benavente, Francês até Ponferrada, e Inverno até Santiago - Caminho espetacular).
    Por isso acho que vai adorar este Caminho... A paisagem é fenomenal, os albergues que estão ativos são muito bons e as pessoas das localidades por onde se passa são muito simpáticas. E quando chegar a Verin vai estar no Sanabrês, outro caminho espetacular.
    É dos poucos que quero repetir depois de conhecer todos os diferentes Caminhos de Santiago mapeados.

    Norberto Henriques
    www.rumoasantiago.com

  • ze augusto matos 14/jan/2018

    Boas
    Entre a Regua e Chaves é usada a Ciclovia com o mesmo nome ou o percurso é outro?
    Pergunto pois estou a planear essa aventura.
    Abraço e boas pedaladas

  • scordeiro77 26/set/2018

    Olá a Todos,
    Estou a planear fazer o caminho do interior nos próximos dias :-)
    Pelos comentários existem algumas alterações ao traçado. Alguém me pode indicar um gpx mais actualizado?
    Obrigado

  • Foto de nés

    nés 26/set/2018

    Boas Scordeiro77,
    Neste blog encontra um traçado mais recente.
    além das etapas tem um compacto.
    Bom Caminho

    http://ansibikers.blogspot.com/2015/05/caminho-de-santiago-portugues-do.html

You can or this trail