Coordenadas 514

Uploaded 3 de Novembro de 2013

Recorded Fevereiro 2013

  • Rating

     
  • Information

     
  • Easy to follow

     
  • Scenery

     
-
-
1.511 m
1.436 m
0
3,6
7,2
14,38 km

Visualizado 5287 vezes, baixado 142 vezes

próximo a Retiro das Pedras, Minas Gerais (Brazil)

Trajeto de ida e volta, de 14,5km, partindo das proximidades do Condomínio Retiro das Pedras, em Brumadinho - MG, em direção à Serra da Calçada.
O local é um dos mais conhecidos e visitados pelos que praticam mountain bike na região metropolitana de Belo Horizonte, principalmente pelos iniciantes no esporte. O trajeto, entretanto, não é fácil, possuindo obstáculos que precisam ser enfrentados com cuidado.
Como o sinal de celular está disponível em todo o percurso e a trilha é bem frequentada por esportistas, principalmente nos finais de semana e feriados, quem está começando no mountain bike poderá pedir auxílio com facilidade caso ocorra algum imprevisto. Além disso, o trajeto encontra-se a apenas 20km do centro de Belo Horizonte, o que facilita bastante a locomoção, permitindo uma pedalada rápida.
Nunca ouvi relatos de furtos ou roubos nesse percurso e o levantamento feito pelo grupo Mountain Bike BH neste link também não indica essas ocorrências.
Para encontrar o ponto de partida por meio do Google Maps, utilize a ferramenta “como chegar pela estrada a este local”, na coluna à direita. No endereço indicado existe uma banca de revistas onde também são comercializados água de coco, água mineral, isotônicos, picolés e sorvetes. Além disso, é possível estacionar o carro com segurança e sem restrições no local, mas, nos feriados, sábados e domingos, as vagas ficam bastante disputadas.
Destaca-se que tanto o ponto de partida quanto o terreno por onde passa a trilha, que integra a Serra da Calçada, não pertencem ao Condomínio Retiro das Pedras, mas, sim, a algumas mineradoras, como a Vale, por exemplo. Desse modo, o condomínio trata-se apenas de uma referência tradicional usada pelos ciclistas.
Do ponto de vista da técnica, a trilha possui dificuldade moderada, sendo percorrida em estradas de terra com bastante cascalho, valas criadas por erosões e rochas nuas (minério de ferro). Em alguns pontos, em razão dessas rochas, o terreno é muito irregular. Em outros, as valas desafiam o equilíbrio do ciclista. Mas a maior dificuldade decorre da má-aderência dos pneus ao solo em razão do cascalho, condição que pode ser acentuada no período das chuvas.
Sob a perspectiva do esforço físico, o trecho é fácil, tendo em vista que são percorridos apenas 14,5km no total, que o ganho de elevação (somatório do quanto se sobe) é de apenas 261m e que os morros têm inclinação leve a moderada. Por outro lado, as sombras são raríssimas no caminho.
Nos finais de semana e feriados, a trilha fica bastante movimentada, sendo preciso tomar cuidado com os motociclistas, os ciclistas e os caminhantes, dentre os quais se encontram, inclusive, crianças e idosos, às vezes acompanhados por cães. Já o tráfego de carros (4x4) é raro.
A vegetação predominante na serra é composta por matas de galeria, capões e campos rupestres e a fauna também é muito rica. Objetivando a preservação da região, em 2013 a Serra da Calçada foi decretada monumento natural. Além disso, o Instituto Estadual do Patrimônio Histórico e Artístico de Minas Gerais – IEPHA a tombou como patrimônio histórico-cultural, tendo em vista as construções dos séculos XVII e XVIII ali existentes, como a Casa de Fundição.
Este percurso é apenas um dentre os diversos trajetos que a Serra da Calçada possui. Com o tempo, o iniciante poderá desbravar outros caminhos da região que apresentam diferentes graus de dificuldade técnica e física.
Existem vários vídeos no YouTube sobre as trilhas feitas no Retiro das Pedras/Serra da Calçada, mas não encontrei nenhum que filmasse o percurso em questão. Em geral, os vídeos referem-se a trechos mais difíceis do que este.
Enfim, apesar de não ser tecnicamente fácil, a trilha é segura, propicia um bom aprendizado e uma boa diversão, sendo uma opção interessante para quem está iniciando a prática do mountain bike. Atravessando parte da Serra da Calçada, o trajeto apresenta uma vista extensa do horizonte e muita beleza natural.
Confira as fotos com mais descrições!
--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
RESUMO DAS INFORMAÇÕES SOBRE O PERCURSO
Distância total: 14,5km
Dificuldade técnica: 5/10
Dificuldade física: 4/10
Inclinação das subidas e descidas: leve e moderada
Presença de sombra em aproximadamente 5% do trajeto
Presença de cachoeira(s): não
Beleza natural: 6/10
--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
ATENÇÃO: esta trilha foi feita em novembro de 2013. Como as condições do percurso são continuamente alteradas, inclusive pelos períodos das chuvas e das secas, considere as descrições acima como indicativas das dificuldades existentes. Preserve a natureza, utilize equipamentos de segurança e, antes de iniciar uma trilha, observe as precauções divulgadas neste link.
Torre de Celular
Ponto de retorno

4 comentários

  • Foto de Tiago Aragao

    Tiago Aragao 14/out/2015

    Bacana seu comentário, um dos grandes problemas hoje la são alguns motoqueiros que não respeitam os caminhantes passando acelerando, sobre os jeeps sempre que cruzamos com caminhantes, ciclistas ou motoqueiros encostamos e damos a preferencia, ate mesmo ja socorremos varios ciclistas que se acidentam ou tem problemas na bike.
    Bom lazer a todos e boa trilha, sempre que ver um jeep com o adesivo do jipe clube bh pode contar com o apoio.

  • Foto de Eugênio Ribeiro

    Eugênio Ribeiro 14/out/2015

    Beleza, Tiago. Obrigado!

  • Foto de pelaestrada

    pelaestrada 17/abr/2016

    Ela é muito bacana, mas a quantidade de pessoas já está detonando o local. Lixo, selfies e funk (as vezes).

  • Foto de pelaestrada

    pelaestrada 17/abr/2016

    I have followed this trail  View more

    Ela é muito bacana, mas a quantidade de pessoas já está detonando o local. Lixo, selfies e funk (as vezes).

You can or this trail