Horas  3 dias 15 horas 15 minutos

Coordenadas 42978

Uploaded 30 de Janeiro de 2019

Recorded Janeiro 2019

-
-
1.776 m
-3 m
0
551
1.103
2.205,0 km

Visualizado 27 vezes, baixado 2 vezes

próximo a Tucuruvi, São Paulo (Brazil)

Saída de São Paulo em uma Quinta - Feira pela madrugada.
Chegada em Curitiba por volta das 11h, seguindo viagem pelo litoral catarinense até Palhoça, onde seguimos pela BR282 e SC416 e SC110 até Urubici. Onde chegamos com mais de 800km percorridos no dia.

No dia seguinte (Sexta - Feira), seguimos para pegar a autorização para o Morro da Igreja no Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) no Centro da cidade, e logo após seguimos para a Serra do Corvo Branco pela SC370 (Parte de Terra) Subida relativamente técnica em dias com chuva, como foi o caso, e descida com atenção para quem vai de moto, de carros é bom estar com freios em ordem, e usar freio motor).
Atravessando a Serra, seguimos em direção a Serra do Rio do Rastro, subida tranquila, tivemos um ponto de parada com trânsito único devido a um desbarrancamento, no Mirante, estava encoberto, tomamos um café no Mensageiro da Montanha, ambiente fechado e bem confortável.
Não fizemos o Parque da Ronda, pois estava tudo muito encoberto.

Então seguimos voltando para Urubici pela SC390, e na SC110 paramos para visitar a Cachoeira do Avencal, pagando R$:7,00 (Jan/2019) por pessoa.
Logo em seguida, paramos para umas fotos no Mirante de Urubici, na própria SC110.
Passamos por Urubici, e seguimos pela SC370 (Terra Batida, qualquer uno com escada no teto passa) até o Morro Campestre (Pagamos R$: 5,00 por pessoa), e ainda nos perdemos tentando encontrar a Cachoeira do Vacariano, indicada por uma placa logo na entrada do Morro Campestre, indicava a cachoeira a 5km, mas não há placas ao acesso, importante planejar a rota antes.

Voltamos para Urubici, onde abastecemos no Posto BR Petrobrás Baldessar.

No dia seguinte, acordamos relativamente tarde, e seguimos até o Morro da Igreja, Parcialmente encoberto, não pudemos ver a Pedra Furada, voltamos e paramos na Gruta Nossa Senhora de Lourdes, e ainda pela própria SC370, paramos na Loja Art & Mel na beira da estrada, para comprar o típico e muito saudável Mel da Baracatinga.

Seguimos em direção a Mato Preto em São Bento do Sul, onde ficamos a noite, e seguimos viagem voltando para SP no dia seguinte, seguindo por uma parte da Serra D. Francisca até Joiville, passando pela Ponte Invertida do Rio São João, e subindo pelo Rastro da Serpente (BR476 e BR373) voltando por Sorocaba.
Registro Para o Morro Da Igreja

Comentários

    You can or this trail