Horas  3 horas 51 minutos

Coordenadas 3345

Uploaded 17 de Janeiro de 2015

Recorded Janeiro 2015

-
-
324 m
59 m
0
21
42
84,02 km

Visualizado 992 vezes, baixado 9 vezes

próximo a Pixete, Pernambuco (Brazil)



Nome: 2015-01-17 09:06


Hora de Início: 01/17/2015 09:07

Hora de Fim: 01/17/2015 12:59

Distância percorrida: 84km (03:51)

Tempo em andamento: 02:49

Velocidade média: 21,8km/h

Média em movimento: 29,7km/h

Velocidade Máxima: 75,3km/h

Altitude Mínima: 58m

Altitude Máxima: 324m

Velocidade de Subida: 1215,4m/h

Velocidade de Descida: -1147,9m/h

Ganho de altitude: 2001m

Perca de altitude: -1757m

Tempo de Subida: 01:38

Tempo de Descida: 01:31




A trilha é fácil mas tem vários erros de percurso. Os bloqueios vão desde porteiras/cercas até estradas que existiam no google earth mas que na vida real não existem. Vou limpar essa trilha e deixar ela direitinho. Aguardem versão editada. Enquanto isso fiquem com essa marcação aí.

A trilha não tem obstáculo algum, tem algumas vistas legais nos waypoints. Existem outras atrações ao longo da trilha tais como igrejinhas, capelas, ruínas de igrejas, casas de engenho, carcaças de gado, etc.
Pequena represa ao lado da Queira Deus
Mais um reservatório próximo a Represa Queira Deus. O reservatório tá tão seco que dá para atravessa-lo de moto numa parte mais seca. As fotos com a moto não seriam possíveis se ele estivesse com o volume normal.
Não tem foto desse lugar porque o vigia criou caso e não deixou. Mas vale a pena visitá-lo e tentar tirar uma foto lá quando não estiverem olhando pois a vista é magnífica.
Lado sul da represa onde tem o maquinário mais complexo. Essa é a beira da barragem principal. A barragem de tapacurá tem 3 barragens, sendo a principal mais ao sul e duas outras barragens auxiliares ao norte. Não é possível cruzar a barragem para o outro lado do lago. O vertedouro é do tipo antigo e não tem passagem. Se estiver seco e alguém estiver disposto a passar a bicicleta no braço pelo vertedouro, aí pode ser. Mas não dá para ir andando e de moto é impossível.
Essa é a ponte sobre o Rio Tapacurá, abaixo da represa, perto de uma casa de engenho.
Barragem norte do Lago Tapacurá. Essa é a primeira, das 3. Não tem foto da barragem do meio mas tem vídeo. A ilhota que aparece na primeira foto está visível porque o lago está muito seco. Normalmente aquela área estaria submersa
Meio da barragem. Esse é o extremo norte do principal segmento da barragem. Aqui tem outro vertedouro e por causa dessa parede não é possível passar de moto. No entanto, dá para ver que tem um acesso para pedestres e para bicicletas. É possível passar a mão uma bicicleta aí. Dá trabalho mas é possível. O batente não é muito alto. Obviamente, só se estiver muito seco e não estiver sangrando. Não dá para ir de moto até o batente. Por isso tirei a foto da moto lá em cima e desci a pé.
Norte do lago de Tapacurá. Uma trilha sem saída mas vale a foto
Belo ponto para tirar uma foto do lago. A subida não tem saída. É só para ir lá tirar a foto e voltar
Pequeno trecho de paralelepípedo em Chã de Alegria. O trecho tem uns 500metros de calçamento
Pequeno trecho de asfalto para conectar novamente a trilha.
Acaba o asfalto (quer dizer, o asfalto de péssima qualidade) e volta a trilha. É uma bifurcação bem suave. Preste atenção para não passar direto. Eu passei. Na foto da para ver o asfalto a esquerda e a estrada de terra a direita.
Essa porteira interrompe a trilha e obriga a um desvio enorme.
com lanchonete Esse é o fim da trilha, nesse posto próximo a Glória de Goitá. O trecho seguinte, que ligaria a Pombos está com erro de marcação. Já estava tarde e eu decidi terminar por hoje e voltei para casa. Pretende continuar daí pra frente para conectar com a trilha de Rucinha

Comentários

    You can or this trail