Horas  7 horas 45 minutos

Coordenadas 1578

Uploaded 28 de Abril de 2011

Recorded Abril 2011

  • Rating

     
  • Information

     
  • Easy to follow

     
  • Scenery

     
-
-
1.382 m
985 m
0
1,3
2,5
5,06 km

Visualizado 8167 vezes, baixado 339 vezes

próximo a Madeireira Dal’Pai, Paraná (Brazil)

Travessia rápida pelos vales e cumes dos Morros Torre Amarela, Vigia e Canal, localizados na porção final da Serra do Marumbi (Emboque), na área do Município de Piraquara (PR), com uma belíssima vista da área dos mananciais, em especial da Represa do Cayuguava. Na verdade fala-se em "travessia", mas tecnicamente isso é incorreto, pois o percurso é circular, com pontos de início e fim praticamente idênticos. Mantive aqui a terminologia costumeira, apesar de incorreta.

O tempo total da trilha mostrado aqui no Wikiloc não corresponde à caminhada. No dia em que foram captados os dados houve muitas paradas para descanso e contemplação. Com bom preparo físico e conhecimento da trilha é possível percorrê-la integralmente em cerca de 4:30 horas, num ritmo mediano.

ATENÇÃO: Apesar de ser um programa considerado por muitos como fácil, pois é realizado em poucas horas, classifico este trekking em montanha como "moderado". Há vários trechos com dificuldade de orientação, mata bastante fechada em vários pontos e, fazendo a travessia no sentido Torre Amarela-Vigia-Canal, em seu quarto final, já subindo a encosta em direção ao cume do Morro do Canal, há um paredão de rocha lisa de cerca de 15 m de altura, vencível atualmente (desde 2016) com auxílio de degraus de ferro (antes era por corda ancorada), o que exige um pouco de cuidado para sua transposição.

- Não é um trecho recomendado para crianças (menores de 12 anos) dado o risco de queda. Já ocorreram diversos acidentes com crianças e adultos na região, com necessidade de resgate pelos bombeiros, inclusive com sequelas graves. É frequente também relatos de pessoas perdidas ao realizar esta travessia, mesmo mais recentemente (com a trilha mais batida e demarcada), portanto só a execute se possuir proficiência neste tipo de atividade.

ADVERTÊNCIAS E PEDIDOS:

A caminhada se dá em área de preservação ambiental permanente. Apesar de sinalizada, não é recomendada para pessoas sem experiência anterior em trilhas de mata fechada, pois oferece riscos. Não é lugar para iniciantes ou para brincadeiras!
Não arisque a sorte. Se não conhece a região, não se aventure sozinho por ali e procure sempre a companhia de alguém que realmente conheça a área.

- NÃO vá sem equipamentos apropriados, como calçado adequado (bota de trekking). Recomendado sempre portar uma lanterna de cabeça e pilhas sobressalentes para eventuais emergências. Da mesma forma recomenda-se ter na mochila, além de um lanche, água e uma proteção contra chuva e frio (clima muda fácil ali, em poucas horas). Vá preparado, pensando em passar um dia todo ali, mesmo que a caminhada não leve mais do que 4 ou 5 horas.
- Comum acidentes ocorrerem ali, necessitando intervenção dos bombeiros. Não subestime os obstáculos ou superestime suas capacidades. Apesar da proximidade com Curitiba e Piraquara, uma chamada de resgate pode levar horas para chegar ao local da "roubada", o que não será nada agradável, acredite. Não arisque a sorte.
- Recomenda-se cuidado com ofídios, encontrados com frequência na área, especialmente nas estações de primavera e verão.

Ao trilhar pela região você também torna-se responsável por ela e pela sua segurança e de seus companheiros. Lembre-se:
- Você é o principal responsável por sua saúde e segurança e a de seus companheiros de caminhada. Preste atenção onde pisa, onde senta e onde se segura. Cobras, aranhas e outros insetos potencialmente perigosos são encontrados com frequência na área e constituem riscos reais em qualquer área selvagem;
- Exercite as regras de mínimo impacto:
- TRAGA TODO o seu lixo de volta consigo;
- EVITE FUMAR, mas se o fizer, não jogue as bitucas na trilha: as apague com água e traga-as de volta;
- NÃO FAÇA FOGUEIRAS - toda a área é de preservação ambiental e é muito sensível a incêndios florestais, especialmente no inverno. EVITE ao máximo FUMAR na área e, se o fizer, não descarte suas bitucas no caminho - apague-as com água e traga junto com o seu lixo;
- Necessidades fisiológicas devem ser feitas longe de cursos d'água (pelo menos a 50m de distância). Dejetos sólidos devem ser enterrados e o papel higiênico trazido de volta com você. A água da represa próxima abastece Curitiba, então certamente é a água que vai para a sua casa também;
- NÃO DESMATE, não abra novas trilhas, não colha plantas ou mesmo flores. FAÇA SILÊNCIO e desfrute da natureza como ela é, inclusive seus sons característicos;
- NÃO faça marcas nas árvores, não coloque fitas ou sinalize partes da trilha, isso só deve ser feito por pessoas qualificadas e dentro de um plano. Também NÃO danifique a sinalização existente;
- NÃO ACAMPE na região, é área de preservação e clareiras ou áreas para barracas são inexistentes.

Agindo desta forma você contribui para a preservação do local e da região como um todo, mantendo-os interessantes aos que por ali ainda irão trilhar.
  • Foto de Final
  • Foto de Final
  • Foto de Final
  • Foto de Final
  • Foto de Final
  • Foto de Final
Final da Travessia. Coincide com o início da trilha que sobe o Morro do Canal.
  • Foto de Início
  • Foto de Início
  • Foto de Início
  • Foto de Início
  • Foto de Início
  • Foto de Início
Ponto inicial da travessia, à esquerda da casa após a lanchonete e à esquerda da trilha que sobe o Morro do Canal.

22 comentários

  • Foto de gvogetta

    gvogetta 6/ago/2012

    Recentemente um grupo ficou "preso" ali no paredão. Não conseguiram subir e não quiseram retornar (por falta de condições físicas, aparentemente) e solicitou resgate dos bombeiros.
    Nas fotos postadas aparece uma da corda no citado paredão.

  • ibender 17/nov/2012

    I have followed this trail  View more

    Fiz a trilha agora no período de chuva e no sentido contrário, do morro do canal para o vigia.
    A descida do paredão é realmente muito difícil e grande risco de queda (nada recomendado para pessoas sem força nos braços)
    A demais partes da trilha apresentaram pontos escorregadios, muitas bifurcações geradas por caminhos de água que podem confundir o caminho se não acompanhado pelo GPS.
    A vista é linda, e o passeio pelas grutas presentes na trilha é muito legal.

  • Rat_1969 4/fev/2013

    Parece interessante este percurso! Pretendo fazer em uma próxima visita a Curitiba. Abç!

  • Foto de gvogetta

    gvogetta 8/fev/2013

    Olá! Agradeço os comentários!
    è um trajeto bem bacana mesmo. Uma vista muito bonita de Curitiba (ao longe) e da Represa do Cayguava, além das próprias montanhas da cadeia sul da Serra do Marumbi. Vale um bom dia de caminhada e escalaminhada. Abraço!

  • Foto de gvogetta

    gvogetta 8/fev/2013

    O acesso por estradas ao sítio do Sr. Zézinho, que fornece acesso ao Morro do Canal e a esta travessia Vigia-Canal pode ser obtido aqui:
    :: http://pt.wikiloc.com/wikiloc/view.do?id=1432203 - Bike
    :: http://pt.wikiloc.com/wikiloc/view.do?id=1439316 - Carro

  • hikingoldman 26/jul/2013

    like!!!

  • Foto de Goodgabriel

    Goodgabriel 18/mai/2014

    I have followed this trail  View more

    fica a dica vá com quem conhece a trilha, algumas perdidas ....

  • Foto de MrLozinski

    MrLozinski 22/out/2014

    Oi, Getúlio
    Esta é uma das melhores trilhas para se fazer, se for na primavera ainda pega a montanha com cheiro de baunilha, lugar lindo, vale a pena, excelente o seu relato meu amigo.
    como você lembra é bom ir com quem conhece, pois é mato fechado e da-lhe taquarinhas e bromélias gigantes.
    Obrigado por compartilhar

  • Foto de gvogetta

    gvogetta 23/jan/2015

    Olá MrLozinski! Agradeço seus comentários!
    É um bom exercício, físico e de "farejo" de trilha para quem quer não quer ficar parado. Sua proximidade realmente faz dela uma ótima opção.
    Abraço!

  • Foto de gvogetta

    gvogetta 20/jun/2016

    Atualização:
    Recentemente (2016) o paredão de pedra na encosta que exigia trecho de escalada com corda fixa recebeu degraus de ferro, fruto de trabalho voluntário de montanhistas, reduzindo bastante o risco de quedas e facilitando a transposição do obstáculo natural.

  • Foto de gvogetta

    gvogetta 20/jun/2016

    Parede de rocha com cerca de 15 metros de altura. Este era o principal obstáculo natural desta pequena "travessia". Antes a sua transposição exigia força muscular nos braços para subida (por corda) até seu topo (travessia sentido Vigia - Canal) ou descida (travessia sentido Canal - Vigia).
    Atualmente a corda foi substituída por uma sequência de degraus de ferro (via ferrata), facilitando muito a transposição desta parede. https://pt.wikiloc.com/trilhas-montanhismo/travessia-vigia-canal-1651208/photo-570137

  • celsowicca 26/mai/2017

    I have followed this trail  View more

    A trilha é demarcada, mas o primeiro morro é a torre amarela, após subir nele é necessário descer retornar um pouco e contorná-lo até chegar no vigia, fora isso não tem erro.

  • Foto de carlosbh2015

    carlosbh2015 29/nov/2017

    Trilha de nível facil. Em área de preservação ambiental permanente. Apesar de sinalizada, recomendada apenas para pessoas com experiência em trilhas de mata fechada, pois oferece riscos. Não é lugar para iniciantes!
    Não arisque a sorte. Se não conhece a região, não se aventure sozinho por ali e procure sempre a companhia de alguém que realmente conheça a área.

    - NÃO vá sem equipamentos apropriados, como lanterna de cabeça e pilhas sobressalentes, proteção contra chuva e frio (clima muda fácil ali). Vá preparado para passar o dia todo ali. Comum acidentes ocorrerem ali, necessitando intervenção dos bombeiros. Apesar da proximidade com Curitiba e Piraquara, uma chamada pode levar horas para ser atendida e o resgate te tirar de lá numa roubada, o que não será nada agradável, acredite. Não arisque a sorte.
    - Recomenda-se cuidado com ofídios, encontrados com frequência na área, especialmente nas estações de primavera e verão.

    Ao trilhar pela região você também torna-se responsável por ela e pela sua segurança e de seus companheiros. Lembre-se:
    - Você é o principal responsável por sua saúde e segurança e a de seus companheiros de caminhada. Preste atenção onde pisa, onde senta e onde se segura. Cobras, aranhas e outros insetos potencialmente perigosos são encontrados com frequência na área e constituem riscos reais em qualquer área selvagem;
    - TRAGA TODO o seu lixo de volta consigo;
    - NÃO FAÇA FOGUEIRAS - toda a área é de preservação ambiental e é muito sensível a incêndios florestais, especialmente no inverno. EVITE ao máximo FUMAR na área e, se o fizer, não descarte suas bitucas no caminho - apague-as com água e traga junto com o seu lixo;
    - Necessidades fisiológicas devem ser feitas longe de cursos d'água (pelo menos a 50m de distância). Dejetos sólidos devem ser enterrados e o papel higiênico trazido de volta com você. A água da represa próxima abastece Curitiba, então certamente é a água que vai para a sua casa também;
    - NÃO DESMATE, não abra novas trilhas, não colha plantas ou mesmo flores. FAÇA SILÊNCIO e desfrute da natureza como ela é, inclusive seus sons característicos;
    - NÃO faça marcas nas árvores, não coloque fitas ou sinalize partes da trilha, isso só deve ser feito por pessoas qualificadas e dentro de um plano. Também NÃO danifique a sinalização existente;
    - NÃO ACAMPE na região, é área de preservação e clareiras ou áreas para barracas são inexistentes.

    Agindo desta forma você contribui para a preservação do local e da região como um todo, mantendo-os interessantes aos que por ali irão

  • Foto de gvogetta

    gvogetta 30/nov/2017

    Exatamente Carlos! Inclusive atualizei a descrição, que estava desatualizada (track de 2011)..
    Quanto à classificação, quem já conhece e anda com frequência tende a subestimar a dificuldade a ser atribuída.
    Mantenho o entendimento de que este trajeto é de dificuldade nível MODERADO, o que não leva (e nunca deve levar) em conta só a minha percepção pessoal, mas aquela de um caminhante mediano, levando em consideração ainda a quantidade de ocorrências de resgate na região, seja por acidentes ou "perdidos". Quem conhece e está acostumado a caminhar em trechos como este tende a classificar como "molezinha", mas não é o que alguém que nunca foi lá deve pensar, até por segurança e respeito a qualquer trilha.
    Abraço!

  • Foto de carlosbh2015

    carlosbh2015 30/nov/2017

    gvogetta Concordo contigo, muito obrigado amigo e forte abraço!

  • Foto de Petelak

    Petelak 27/jan/2018

    I have followed this trail  verificado  View more

    Muita boa a trilha. Belo visual e com boa marcação. Serve de treinamento pra trilhas maiores. Não recomendada para iniciantes desacompanhados de alguém que conheça a trilha.

  • Foto de BrennoLiz

    BrennoLiz 29/jan/2018

    I have followed this trail  View more

    Sempre um ótimo treino!

  • Foto de Thiago R Rocha

    Thiago R Rocha 22/mar/2018

    I have followed this trail  View more

    Trilha tooop... já fiz essa é cansativa, mas vale a pena!
    fiz tbm canal-vigia-morro do carvalho-torre amarela 9 horas.

  • Foto de alessandrosouza

    alessandrosouza 25/mar/2018

    I have followed this trail  View more

    Fiz a trilha no sentido Canal, Vigia, Torre Amarela.
    O trecho entre o Vigia e Torre Amarela demanda atenção pois há vários trechos onde a trilha "some".
    Como estava na companhia de um amigo experiente e que possui equipamento para navegação, não tivemos grandes problemas a não ser fazer alguns pequenos retornos.
    Trilha excelente para quem quer treinar pra travessias difíceis

  • Foto de Luis Felipe Ribas

    Luis Felipe Ribas 15/jun/2018

    I have followed this trail  View more

    Realizei essa travessia no sentido inverso em 20/05/2018.
    Trilha bem legal pra treinar.

  • Foto de Rodrigo Augusto Evers Nascimento

    Rodrigo Augusto Evers Nascimento 2/nov/2018

    Estarei fazendo hj esta!!! Dicas valiosas

  • Foto de Rodrigo Augusto Evers Nascimento

    Rodrigo Augusto Evers Nascimento 2/nov/2018

    Com certeza vou seguir sua marcação....

You can or this trail