Horas  9 horas um minuto

Coordenadas 1784

Uploaded 25 de Março de 2018

Recorded Março 2018

-
-
1.456 m
933 m
0
2,2
4,4
8,81 km

Visualizado 393 vezes, baixado 36 vezes

próximo a Madeireira Dal’Pai, Paraná (Brazil)

Travessia (circuito) realizada para conhecer os destroços do avião da sadia, que caiu no morro do carvalho no ano de 1967. Este trajeto em forma de circuito leva quase o dia todo e não é recomendado para iniciantes ou pessoas sem experiencia em caminhadas por mata fechada.
***ATENÇÃO: ESTA TRILHA TEM UM NÍVEL PESADO E SUA ORIENTAÇÃO NÃO É NADA FÁCIL. RECOMENDO NÃO FAZER ESTA TRILHA SEM UM GPS!!! ESTE LOCAL POSSUI UM ALTO INDICE DE SOLICITAÇÃO DE RESGATE!!!

RECOMENDAÇÕES BÁSICAS
* Nunca faça caminhadas pela mata sem os equipamentos básicos, como lanterna de cabeça e pilhas sobressalentes, proteção contra chuva e frio, alimentos para o dia, água e uma forma de comunicação.
*Se você não conhece a região, procure alguém experiente para ir com você. Nunca vá sozinho! Se possível tenha em mãos um GPS e saiba usá-lo corretamente para se orientar.
* Traga seu lixo de volta. Se você é capaz de levar uma embalagem cheia, com certeza é capaz de trazer ela leve e vazia. Nunca deixe lixo na trilha, NUNCA!!!
* Preste sempre atenção onde pisa, onde senta e onde se segura para não ter problemas com animais peçonhentos, muito comuns na região.
* Não faça fogueiras!!! Esta é uma área de preservação ambiental e fogueiras são proibidas. Se você fuma, não descarte suas bitucas no caminho, apague-as e traga junto com o seu lixo.
* Necessidades fisiológicas devem ser feitas longe de cursos d'água. Leve uma pazinha e enterre seus dejetos sólidos, e o papel higiênico deve ser trazido de volta com seu lixo.
* Não desmate e não abra novas trilhas ou clareiras.
* Cuidar da natureza é um dever de todos! Homem e natureza devem viver em sintonia. Seguindo estas recomendações você contribui para a preservação do local e de toda a região, fazendo com que a experiência da trilha seja maravilhosa para você e para os próximos que por ali passarão!
Ótimas trilhas!!!
  • Foto de MORRO DO CANAL
  • Foto de MORRO DO VIGIA
  • Foto de AVIAO
  • Foto de AVIAO
  • Foto de AVIAO
  • Foto de AVIAO
  • Foto de AVIAO
  • Foto de AVIAO
  • Foto de CUME TORRE AMARELA

4 comentários

  • Foto de gvogetta

    gvogetta 4/abr/2018

    MAIS RESPONSABILIDADE AO POSTAR TRAJETOS NO WIKILOC!


    ESTE AQUI NÃO É O TIPO DE LOCAL/TRACKLOG QUE DEVERIA ESTAR SENDO COMPARTILHADO ABERTAMENTE. PENSEM.. Trata-se de trajeto em área intangível do Parque Estadual Pico do Marumbi, portanto proibido o acesso e a sua visitação pública.
    Somente por esta razão a postagem desta tracklog (e de quaisquer outras na mesma região, ao norte do Vigia) poderá ser encarada pelas autoridades competentes como infração e gerar consequências de ordem administrativa, que incluem a autuação e multa dos responsáveis, e estará amparada por prova material do ilícito, consubstanciada neste própria postagem da tracklog!
    Além disso, a divulgação aberta deste tipo de trajeto estimula que pessoas despreparadas ou sem noção seguirem o mesmo trajeto, com sérios riscos de protagonizarem ocorrências infelizes e, com isso, ainda colocarem em risco a vida de outras pessoas no resgate!
    Ademais, quem já andou na região sabe, ou ao menos deveria saber que se trata de um patrimônio natural sensível que deve ser respeitado, e sobretudo mantido a salvo e preservado das pressões antrópicas, especialmene se considerarmos as hordas de gente de todas as estirpes que frequentam a região mais ao sul.


    Repetindo o que tenho dito em outras postagens de tracks desta mesma área, dados os sérios riscos e os recorrentes resgates na mesma região:
    Não arisque SUA VIDA ou a de SEUS AMIGOS. Se não conhece a região, não se aventure por lá e procure sempre a companhia de alguém que realmente conheça a área.
    SE FOR SEGUIR ESTE TRAJETO, o faça unicamente por sua conta e risco. Ali não é passeio! É trajeto em mata densa e fechada, por vezes sem rastros, região repleta de gretas recobertas por vegetação, oferecendo sérios e reais riscos de quedas e lesões sérias. Alto índice de pessoas perdidas e sinistradas na área. Definitivamente NÃO É LUGAR PARA BRINCAR COM A SORTE se você não possui experiência, segurança ou mesmo equipamento adequado!
    Ao trilhar pela região você se torna o principal responsável pela sua conservação, assim como pela sua segurança e a de seus companheiros de caminhada. ...

  • Foto de gvogetta

    gvogetta 4/abr/2018

    LEMBRE-SE:
    - NÃO VÁ sem dispor de equipamentos apropriados, como lanterna de cabeça e pilhas sobressalentes, proteção contra chuva e frio (as condições climáticas mudam rápido na serra). Comum acidentes ocorrerem ali, necessitando intervenção dos bombeiros. Apesar da proximidade com Curitiba e Piraquara, uma chamada de resgate naquela área vai levar horas para ser atendida e tirar alguém de lá numa roubada, o que não será nada agradável, acredite.
    - PRESTE ATENÇÃO onde pisa, onde senta e onde se segura. Cobras, aranhas e outros animais potencialmente perigosos são encontrados com frequência na área e constituem riscos reais em qualquer área selvagem;
    - TRAGA TODO o seu lixo de volta consigo. Se conseguiu levar a mochila cheia, pode muito bem trazê-la de volta com as embalagens vazias;
    - NÃO FAÇA FOGUEIRAS. Toda a área é de preservação ambiental permanente e é muito sensível a incêndios florestais, especialmente no inverno. EVITE ao máximo FUMAR e, se o fizer, sobretudo não descarte suas bitucas no caminho - apague-as com água e traga junto com o seu lixo;
    - Necessidades fisiológicas devem ser feitas longe de cursos d'água (pelo menos a 50m de distância). Dejetos sólidos devem preferencialmente ser acondicionados em um SHIT TUBE e trazidos de volta consigo, ou ser enterrados e o papel higiênico trazido de volta com seu lixo. A água das nascentes próximas abastece Curitiba, então certamente é a água que vai para a sua casa também;
    - NÃO DESMATE, não abra novas trilhas, não colha plantas ou mesmo flores. FAÇA SILÊNCIO e desfrute da natureza como ela é, inclusive seus sons característicos;
    - NÃO faça marcas nas árvores, não coloque fitas ou sinalize partes da trilha, isso só deve ser feito por pessoas qualificadas e dentro de um plano de manejo. Também NÃO danifique a sinalização existente;
    - NÃO ACAMPE na região pois se trata de área de preservação ambiental e clareiras ou áreas para barracas são inexistentes.
    Agindo desta forma você contribui para a preservação do local e da região como um todo, mantendo-os interessantes aos que por ali ainda irão trilhar.
    As melhores aventuras são aquelas em que todos retornam a salvo para contar a história!
    Boas trips!

  • everaldogolo 11/jun/2018

    que mala este cara ai ! vamos dar um gato pra ele?

  • Foto de gvogetta

    gvogetta 11/jun/2018

    É, sou mala, mas é para nós, "malas", que os "bonzões" pedem socorro quando fazem caca, se ferram e as mamães e namoradinhas ficam chorando.

You can or this trail