Horas  8 horas 11 minutos

Coordenadas 1335

Uploaded 21 de Outubro de 2014

Recorded Outubro 2014

  • Rating

     
  • Information

     
  • Easy to follow

     
  • Scenery

     
-
-
1.538 m
402 m
0
2,3
4,6
9,16 km

Visualizado 5520 vezes, baixado 329 vezes

próximo a Porto de Cima, Paraná (Brazil)

Subida ao Pico Marumbi, com ascensão pela Via Frontal e descida pela Via Noroeste + Trilha do Rochedinho

Uma das montanhas mais clássicas e berço do montanhismo brasileiro, a subida do Conjunto Marumbi é considerado uma das mais difíceis do Paraná. Está inserido no Parque Estadual do Marumbi, e contém diversos atrativos naturais e históricos. Mais informações em https://sites.google.com/a/cosmo.org.br/cosmo/omarumbi

IMPORTANTE:
-É indispensável fazer cadastro no Ponto de Controle do IAP próximo a entrada da trilha do Salto dos macacos. Atualmente, o Posto do IAP na Estação Marumbi encontra-se desativado para reformas, devendo estar pronto pelo começo de 2015. Este cadastro é essencial para que seja acionado resgate caso aconteça algum imprevisto na montanha.
-A subida ao Pico Marumbi contém vias ferratas e subidas verticais que exigem muito do físico (parte superior e inferior do corpo) e psicológico (exposição a grandes alturas). Pessoas sem cursos ou boa vivência em montanhas, e/ou que nunca foram ao conjunto devem subir somente acompanhadas de montanhistas experientes que conheçam bem o caminho, e com os devidos equipamentos de segurança.
-A maioria dos acidentes registrados está relacionada a FALTA DE LANTERNA. A trilha mais rápida ao Pico Marumbi demora várias horas, e muitos ficam presos na montanha por perderem o horário e sol. INDISPENSÁVEL portanto, começar a subida bem cedo e SEMPRE levar lanterna, muito preferencialmente headlamp, pois há necessidade constante de uso das mãos na descida.
-Considero também essencial a visita e leitura criteriosa do site do COSMO, grupo voluntário de resgate em montanha que atua no Parque Estadual do Marumbi: https://sites.google.com/a/cosmo.org.br/cosmo/omarumbi . Este contém diversas informações de segurança valiosas e que podem salvar sua vida, além de conter interessante histórico da região.

As trilhas são bem marcadas com fitas e footprints. Há derivações em diversos trechos, mas as fitas coloridas indicam bem o caminho correto.

***Neste tracklog, a recepção do GPS ficou ruim no trecho do Vale das Lágrimas, especialmente entre os diques de diabásio, como indicado pelos pontos de interesse. Usar cautela neste trecho e na dúvida, sempre seguir as fitas indicativas (neste caso, as vermelhas).

Relembrando, a subida é acentuada e contém várias vias ferratas, algumas com mais de 20 degraus em paredões quase verticais, e longos trechos de corda e corrente, boa parte delas bastante expostas a desfiladeiros. Devido a estes desafios técnicos que exigem razoavelmente do físico e psicológico, considero esta trilha "Difícil".
Último ponto de água garantido
Antiga estação de trem, conhecida anteriormente como Estação da Volta Grande. Mais informações em http://www.estacoesferroviarias.com.br/pr-cur-paran/englange.htm
Estação histórica, única em atividade nas proximidades aonde geralmente descem excursionistas do Parque Estadual do Marumbi. Há local de camping, porém o mesmo encontra-se desativado até o fim de obras de restauração no local (previsto para 20 de Dezembro)
Cume do Gigante
Cume da Ponta do Tigre
Ponto aonde a recepção de satélites voltou a ficar estável
Pequeno morro próximo a Estação Marumbi, mas que proporciona um belo visual do Conjunto Marumbi e da região. Subida fácil e com poucas dificuldades técnicas, porém com pequenos trechos de exposição a desfiladeiros.
Recepção de satélites do GPS ruim neste trecho, especialmente entre os diques de diabásio. Na dúvida, sempre seguir a sinalização indicativa do trecho (neste local, fitas vermelhas)
Conjunto de casas e refúgios de montanhistas
Ponto de água potável
Ponto de água intermitente, de qualidade duvidosa. Recomenda-se uso de pastilhas de cloro, ou outro tipo de filtro.

5 comentários

  • Foto de joaocdestro

    joaocdestro 16/jun/2015

    I have followed this trail  View more

    Trilha muito boa, INICIE ELA CEDO!!! nao recomendo para iniciantes, nem para quem tem pouco preparo fisico e mental. Tbm nao recomendo em dias molhados.
    *leve lanterna

  • Foto de Alexandre Arins

    Alexandre Arins 17/jun/2015

    Obrigado pela avaliação, realmente é uma pernada boa e com visuais espetaculares. A trilha é bem sinalizada e marcada, mas de fato exige um considerável preparo físico e psicológico para superar alguns de seus desafios. Abraços!

  • Foto de Alan Nagel

    Alan Nagel 8/mar/2016

    Muito bem detalhado , parabéns pela publicação Alexandre !
    Foi para minha lista de futuros objetivos rs

    Abraço

  • Foto de Bessa27

    Bessa27 3/out/2017

    Necessita de material de escalada?

  • Foto de Alexandre Arins

    Alexandre Arins 5/out/2017

    Olá, para subida e descida pelas vias Frontal e Noroeste não é necessário nenhum material específico de escalada, mas uma cadeirinha e equipamento específico para via ferrata pode ajudar na segurança nos trechos de escada.

You can or this trail