Horas  7 horas 5 minutos

Coordenadas 1399

Uploaded 14 de Fevereiro de 2015

Recorded Fevereiro 2015

  • Rating

     
  • Information

     
  • Easy to follow

     
  • Scenery

     
-
-
4.185 m
3.151 m
0
2,3
4,6
9,13 km

Visualizado 934 vezes, baixado 27 vezes

próximo a Ifergane, Marrakech-Tensift-Al Haouz (Morocco)

Ascensão invernal ao cume do Djebel Toubkal com partida do refúgio Les Mouflons, integrada numa expedição ao alto Atlas. Este pico, o mais elevado do maciço do Atlas e o mais alto do norte de Ágfrica supõe-se que terá sido pela primeira vez ascendido por europeus em 1923 - pelo marquês de Segonzac.

O objectivo da expedição, coordenada pelo Pedro Guedes da Alpine Climbers, era fazer 4 X 4.000 metros.

Tendo ficado para trás o Ras e o Akioud, o Toubkal ficou reservado para a terceira saída a partir do Refúgio Les Mouflons. O Trilho escolhido para acesso ao cume foi a via normal que começa a poucos metros do refúgio em direcção a sul, rodando então à esquerda em direção a oeste. Depois de uma curta descida para o Oued, começa a longa subida em ziguezague de uma pendente de cerca de 45 a 50%. A subida, para a qual o uso de crampons e piolet é essencial, faz-se de forma quase ininterrupta até um pequeno colo a cerca de 3.940 metros de altitude, que liga o Toubkal oeste (4.030 metros) ao Toubkal este (4.167 metros). Aí, gira a nordeste e por cerca de 1 km, ganham-se mais cerca de 300 metros de altitude até ao cume.

Pelo caminho algumas paragens tornam-se necessárias para alimentação, hidratação e descanso. As fortes pendentes aconselham igualmente prudência já que as quedas podem ser de grave consequência.

O dia, apesar de solarengo, esteve particularmente ventoso e, nos segmentos finais dificultou um pouco a progressão que nos derradeiros metros tem passagens de alguma tecnicidade. Como atractivo adicional, o cume estava adornado por um helicópetro recentemente despenhado junto do qual as forças armadas marroquinas se afadigavam, presumo que num esforço de recuperação do aparelho.

O regresso faz-se sensivelmente pelo mesmo caminho, sendo possível, aqui e ali, evitar com as devidas cautelas o ziguezague da subida, encurtando desse modo a longa descida até ao refúgio.
Toubkal
Vista do refúgio descida do Toubkal

1 comment

You can or this trail