Ver elevação

Visualizado 671 vezes, baixado 5 vezes

próximo a Catas Altas, Estado de Minas Gerais (Brazil)

06° e ultimo dia de Pedal Depois de uma boa noite de sono, o dia amanhece maravilhoso, céu azul com poucas nuvens temperatura média de 24°. A ansiedade era incontrolável depois de já ter pedalado 340 km e saber que no final deste dia alem de cumprir mais um objetivo, mais uma aventura e sozinho ia encontrar minha esposa e minhas duas filhas, já que minha esposa estava grávida de 4,5 meses e no período da cicloviagem ela descobriu que era outra menina. Comecei a pedalar cedo, determinado e feliz com a companhia da Serra da Caraça belíssima.  Meu trajeto seria Catas Altas, Morro da Água Quente, Santa Rita Durão, Bento Rodrigues, Camargos, Mariana e por fim Ouro Preto. O Primeiro trecho passei pela Trilha Parque, dividindo o trajeto com alguns caminhões de obras,  Chegando no vilarejo de Morro da Água quente fui recepcionado por vários cães, que adoram ciclistas, resultado, foi embora toda aminha água da caramanhola! Saindo do vilarejo segui pelo asfalto até uma entrada escondida, sem o GPS não ia achar nunca! , falta um Toten ali! Entrei na trilha com muitas pedras e foi ai que percebi que o chão brilhava, parecia que derrubaram um caminhão de purpurina no chão, não sei que tipo de rocha era, mais era  muito interessante coisas que só a ER e uma cicloviagem pode proporcionar. Deste ponto podemos avistar o Pico do Baiano na Serra da Caraça “Cadê o Baiano!” O Vilarejo de Santa Rita Durão nos da a impressão que paramos no tempo e que ainda vivemos no período colonial, pessoas simples , negros puros e a arquitetura encantadora deste período. Fundada em 1702 Um pouco a frente obras para asfaltar nossa querida ER. Um pouco antes de Bento Rodrigues consegui sinal de celular e falei com a família pra ver se estava tudo bem, na saída, a base dos operários que trabalhavam na obra, nesta hora estava com fome e não tinha nenhum lugar pra comer  ai pensei, vamos até Camargos. A serra entre Bento Rodrigues e Camargos estava castigada pela queimada, mas o lugar era muito bonito, até um casal de águias me acompanharam por alguns minutos. Ao chegar a Camargos tive duas surpresas, uma ruim e outra boa. A ruim era que não tinha nenhum lugar para comer. A boa era a Igreja de Nossa Senhora da Conceição. Como não tinha jeito, fui adiante rumo a Mariana, lá eu tinha certeza de encontrar algum lugar pra comer. Avistando a placa da cidade de Mariana percebi  que havia terminado a estrada de terra até a chegada em Ouro preto, esse é o preço do crescimento e progresso. Comi um lanche e segui para Ouro Preto, onde passa a ER dentro de Mariana, não há lugares para fotos e depois de estar pedalando em lugares pacatos, sossegados o Impacto de uma grande cidade é grande. A avenida que leva a Estrada para Ouro preto estava interditada, graças a ajuda de moradores, encontrei o caminho e subi a serra para Ouro Preto, um Grand Finale para o Pedal. Apesar de ser asfaltada, ela é dura, cerca de 10 km de subida saindo de 700m a 1200m do nível do mar. Chegando a Ouro Preto, a emoção em conjunto com felicidade de ter alcançado o objetivo foi indescritível. A única coisa que vinha na minha cabeça quando parei o GPS foi a musica “We are the Champions” do Queen, acredito que ela resumia o meu sentimento em frente ao museu do Inconfidente na Praça Tiradentes. http://www.youtube.com/watch?v=04854XqcfCY&feature=player_embedded Eu agradeço minha esposa, filhas, pais, sogros, amigos e todos aqueles que me ajudaram nesta aventura que foi um sucesso. MISSÃO DADA É MISSÃO CUMPRIDA! Pontos Negativos: ·         A falta de Totens e Estrutura na ER ·         As obras em vários pontos em Mariana ·         Os locais na ER sem informação, sem GPS é impossível não se perder neste trexo. Pontos Positivos: ·         A temperatura boa p/ pedal média de 24° C ·         O Visual da Serra da Caraça ·         A arquitetura de Ouro Preto (indescritível) ·         O reencontro da Família e o Inicio das Férias com elas. ·         Mais uma cicloviagem 400km muito bem pedalados sem nenhum problema físico, técnico ou logístico . Resumo Distância:            66,19 km Tempo:                 5:52:27 Veloc. Média:       11,3 km/h Ganho de elevação:1.820 m Calorias:                  2.494 C Temperatura Méd.:24,3 °C

Comentários

    You can or this trail