-
-
1.445 m
1.023 m
0
16
31
62,95 km

Visualizado 639 vezes, baixado 13 vezes

próximo a Lajeadinho, Rio Grande do Sul (Brazil)

Dia 7 - 21 de julho de 2016.
Roteiro: Fazenda Monte Negro a Bom Jardim da Serra
Atrações: Cânion Ronda e Serra do Rio do Rastro
Distância: 62,9 km
Ganho de elevação: 1290m

Noite gelada, mas quarto quentinho. Devido ao lençol elétrico e ao aquecedor, tive o luxo de passar de calor. Arrumamos as traias e fomos abastecer as garrafas com água a partir de uma torneira que ficava do lado de fora da casa. Mas não conseguimos encher as garrafas, pois a água estava congelada na tubulação!!! Na ponta da torneira havia um pingo de água congelado! Pelo jeito a noite foi bem fria!!!

Café da manhã no mesmo nível do jantar da noite anterior. Despedimos do sr Anápio e de várias pessoas que fizemos amizade na pousada e no decorrer do pedal. Em muitos momentos, nos locais em que ficamos hospedados, as pessoas que também estavam hospedadas passaram, em algum momento, por nós de carro, e durante o jantar ou café da manhã era normal pararmos para conversar e sanar algumas curiosidades. E especial, teve uma família da cidade de Salvador em que ficamos hospedados por três vezes no mesmo local. O André, que também faz a suas pedaladas, estava com água da boca de pedalar conosco e tirou muitas fotos nossas em diversos locais!

Partimos com destino a Bom Jardim da Serra. No km15,5, distrito de Várzea, cruzamos a divisa entre os estados de Santa Catarina e Rio Grande do Sul. Divisa esta que marca o início de longas e subidas íngremes!

No km19,4, no lado esquerdo da ponte, há uma bonita cachoeira. No km34,6 há uma bifurcação: a esquerda dá acesso à cidade de Bom Jardim da Serra e a direita dá acesso ao parque eólico. Como gostaríamos de visitar o cânion Ronda e a serra do Rio Rastro, a melhor direção é a da direita. Mas o acesso ao parque eólico, por esta portaria, é permitido somente com autorização. Nesta parte da história entra o sr Anápio, da Fazenda Monte Negro. No dia anterior, falamos da necessidade de cortar o caminho pelo parque eólico, mas sabíamos que não era possível a entrada no parque sem autorização. Nisso ele passou o telefone do sr Hélio Guedes, proprietário de boa parte do terreno em que fica o parque eólico. Conversamos pela manhã com a esposa do sr Hélio, e ela pediu para ligar novamente assim que chegarmos na portaria do parque, localizada no km38,8. Ligamos novamente e o acesso foi liberado. Mais adiante encontramos o simpático sr Hélio Guedes andando de cavalo pelo parque. Ele construiu diversos chalés em sua propriedade. A diária é de R$120,00, incluso o jantar e o café da manhã. O telefone dele é: (49) 9126-7304.

Mais 5 minutos de pedalada e novamente surge a tal da “viração”. Chegamos no mirante do cânion Ronda (km47,1) com o tempo fechado. Paga-se uma taxa de R$5,00 para acessar o mirante. Devido ao mau tempo, nem arriscamos em subir no mirante. O mirante da Serra do Rio do Rastro (km50,8) também estava fechado pela neblina. A nossa intenção era descer e subir uma parte da serra, e depois seguir para Bom Jardim. Esperamos na lanchonete que fica no mirante por aproximadamente uma hora, mas o tempo permanecia o mesmo. Como havia muita neblina e trânsito de veículos, achamos perigoso descer e subir de bicicleta. Com uma dor no coração, seguimos para Bom Jardim, pois a temperatura já começava a cair.

Ficamos hospedados na pousada Santa Vitória. A maioria do restaurante de Bom Jardim fica na rodovia que dá acesso à Serra do Rio do Rastro. A essa altura, após 7 dias de pedal, dores no joelho e frio, achamos melhor ficar por perto e jantamos em uma pizzaria próximo da pousada: Schoko Haus. Além de ótimas pizzas, o local oferece opções de lanches, chocolates, doces e sorvetes caseiros. Tudo com ótimo preços!

Hospedagem: Pousada Santa Vitória
http://pousadasantavitoria.wix.com/home
Telefone: (49) 3232-0304
Quarto triplo: R$270,00

5 comentários

  • Foto de Ricardo Rossi Ciclotur Ctba MTB

    Ricardo Rossi Ciclotur Ctba MTB 9/ago/2016

    Sensacional !!!!Parabéns !!!!

  • Foto de TrekkingPOA

    TrekkingPOA 17/ago/2017

    Demais o pedal e os detalhes que você compartilha conosco Wellington, o Anápio é um sujeito especial mesmo, estivemos por lá no inicio de julho para fazer um trekking e queremos voltar fazendo o pedal de Cambará até o Rio do Rastro pelo mesmo trajeto que vcs fizeram, estamos com uma expectativa bem bacana também. Obrigado por compartilhar o kml e as dicas, quem sabe uma hora dessas a gente se encontre por estas trilhas ae.

    Grande abraço,
    Marcelo Santos
    Trekking POA Aventura

  • Foto de Wellington Previero

    Wellington Previero 17/ago/2017

    Olá Marcelo, bom saber que está sendo útil as informações! O objetivo é esse mesmo!!
    Essa região é espetacular para pedalar! Agora no meio do ano fiz o Circuito das Araucárias e o trajeto é bem legal também.

    O camarada aí de cima, Ricardo Rossi, também possui ótimas opções de trilhas!!

    Abraços!!

  • Foto de Chico Bento

    Chico Bento 27/jul/2019

    Obrigado por compartilhar e pelo alto nível de detalhamento. Vou sair de Lauro Muller, subindo a Serra do Rio do Rastro, até as pousadas de Monte Negro mas não sabia como fazer o caminho pelo Pq Eólico/Cânion da Ronda.

  • Foto de Wellington Previero

    Wellington Previero 27/jul/2019

    Manda ver Chico Bento! Estou agora meio de uma viagem de bike em próximo de São Martinho - SC.

    Bom pedal!!

You can or this trail