• Foto de Cicloturismo pelas serras catarinenses e gaúchas - Dia 2 - Braço do Norte a Nova Veneza
  • Foto de Cicloturismo pelas serras catarinenses e gaúchas - Dia 2 - Braço do Norte a Nova Veneza
  • Foto de Cicloturismo pelas serras catarinenses e gaúchas - Dia 2 - Braço do Norte a Nova Veneza
  • Foto de Cicloturismo pelas serras catarinenses e gaúchas - Dia 2 - Braço do Norte a Nova Veneza
  • Foto de Cicloturismo pelas serras catarinenses e gaúchas - Dia 2 - Braço do Norte a Nova Veneza
  • Foto de Cicloturismo pelas serras catarinenses e gaúchas - Dia 2 - Braço do Norte a Nova Veneza

Dificuldade técnica   Difícil

Horas  9 horas 9 minutos

Coordenadas 4430

Uploaded 26 de Julho de 2016

Recorded Julho 2016

-
-
428 m
39 m
0
23
46
92,84 km

Visualizado 363 vezes, baixado 6 vezes

próximo a Braço do Norte, Santa Catarina (Brazil)

Dia 2 - 16 de julho de 2016.
Roteiro: Braço do Norte a Nova Veneza
Atrações: Encosta da Serra Geral e barragem do Rio São Bento
Distância: 92,96 km
Ganho de elevação: 1516m

Após o café da manhã, saímos de Braço do Norte com destino a Nova Veneza. Logo na saída da cidade paramos para tirar foto de uma ponte pênsil sobre o rio que leva o mesmo nome da cidade. Trajeto tranquilo até Orleans. Da cidade de Orleans até o km29, o trajeto é de asfalto. Chegamos em Lauro Müller as 13h00 e a maioria dos estabelecimentos comerciais estavam fechados, inclusive supermercados. Algo típico das cidades de Santa Catarina e Rio Grande do Sul. Paramos no km42,5 para almoçar em um restaurante simples localizado ao lado da rodovia, mas muito bom!

O próximo destino foi a cidade de Treviso. Pegamos uma estrada de terra no km43. A estrada termina na rodovia, onde inicia um longa subida. A subida é finalizada com uma bela visão da encosta da Serra Geral. Até a cidade de Treviso, em vários momentos, pegamos alguns trechos curtos de terra para sair da rodovia, apesar de a rodovia apresentar pouco movimento e amplo acostamento.

No km68,8 há um balneário com uma cachoeira que passa por debaixo da ponte. A cachoeira tem uma formação interessante, pois perfura o leito do rio e parece um tobogã. No km74,2km há a opção de seguir direto para Nova Veneza ou seguir para a barragem São Bento. Como havia aproximadamente uma hora de sol, seguimos em direção a barragem. No km77,6 paramos para observar a cachoeira Bianchini e na sequência a última subida íngreme do trajeto. Anteriormente a construção da barragem, havia no local uma pequena comunidade. A barragem foi construída para sanar a crise de água e a população local foi deslocada para outra região. Hoje é possível avistar apenas a torre da capela de igreja. Da barragem até a cidade de Nova Veneza foram mais 7km de asfalto.

Nova Veneza é uma cidade de colonização italiana, com vários restaurantes típicos. O hotel em que ficamos está localizado na praça principal e tomando uma cerveja no local, pegamos uma excelente dica de um restaurante italiano: Bodega do Zeca. Comida maravilhosa, com ótimo preço e atendimento. Ao lado da praça principal há uma gôndola trazida direto da cidade de Veneza: ponto turístico da cidade. O hotel é muito bom, com excelente café da manhã. As bikes ficaram no estacionamento do hotel. O hotel fica em cima de um restaurante, do mesmo proprietário. O restaurante serve apenas almoço, mas tem cerveja gelada durante a tarde toda.


Hospedagem: Hotel e restaurante Veneza
http://www.hotelerestauranteveneza.com.br/hotel/
Endereço: Rua Cônego Miguel Giacca, nº 51
Telefone: (48) 3436-1168
Quarto triplo: R$180,00.

Comentários

    You can or this trail