Horas  4 dias 7 horas 2 minutos

Coordenadas 27946

Uploaded 22 de Dezembro de 2016

Recorded Dezembro 2016

-
-
1.999 m
530 m
0
86
171
342,09 km

Visualizado 463 vezes, baixado 18 vezes

próximo a Terminal de Linhas Urbana Vila Cruz, Minas Gerais (Brazil)

de Aguas da Prata-SP (inicio em Poços de Caldas-MG) a Aparecida-SP passando por Pedrinhas (Gomeral)
Rodoviaria Poços de Caldas
Ponto para pegar a credencial
Ponte de pedra
Igreja Andradas
Pousada Dona Natalina
Riacho
Igreja em Barra
Pousada João e Joelma
Cachoeira da Barra
Igreja em Crisolia
Menino da porteira
Boi "sem coração"
Oficina de bikes
Igreja em Ouro Fino
Igreja em Inconfidentes
Igreja em Borda da Mata
Ponto de apoio
Final da Serra de Tocos do Mogi
Igreja em Tocos do Mogi
Pousada em Tocos do Mogi
Padaria do Rubinho
Igreja em São Benedito
Igreja em Estiva
Igreja em Campos de Estiva
Topo Serra do Caçador
Capela Serra do Caçador
Igreja em Consolação
Agua potavel
Capela na Serra de Paraisopolis
Igreja em Paraisopolis
Cachoeira na subida de Cantagalo
Pousada do Galo - Cantagalo
Igreja em Cantagalo
Divisa SP-MG
Igreja em Luminosa
Pousada Dona Ines - Serra da Mantiqueira
Serra da Mantiqueira - Luminosa
Mirante Serra da Mantiqueira
Fonte Serra da Mantiqueira
Divisa SP-MG Serra da Mantiqueira
Portal Campos do Jordão
Capivari - centro de Campos do Jordão
Entrada para Pedrinhas
Mirante Pedrinhas
Cachoeira descida Gomeral
Santuario Nacional de Nossa Senhora Aparecida

2 comentários

  • Foto de Rafael_Carlos

    Rafael_Carlos 22/dez/2016

    Caminho perfeito para reflexão, esporte, fé. Uma verdadeira peregrinação entre as Montanhas de Minas e São Paulo até o Santuário de Nossa Senhora Aparecida. Saímos de Belo Horizonte com destino à Poços de Caldas-MG, onde iniciamos nossa pedal. Em Águas da Prata_SP, pegamos a credencial e seguimos iniciando o Caminho da Fé. Muitas e muitas subidas, serras após serras. Passamos por alguns perrengues com bikes. No primeiro dia ficamos na Pousada João e Joelma, onde fomos muito bem recepcionados em um lugar aconchegante. Partimos para o segundo dia, ainda tentando resolver o problemas em umas das bikes em Ouro Fino, mas infelizmente não tivemos sucesso e nosso colega abortou. Seguimos até Tocos do Mogi, cidadezinha muito boa, onde encontramos o Bar e Padaria do Rubinho, que nos atendeu super bem (recomendo). Repousamos na Pousado do Zé Dito, que tem uma ótima estrutura e bom preço, mas se quiser jantar e/ou café tem que agendar. Partimos para o terceiro dia, onde passamos por 5 serras e uma cidade fantástica chamada Paraisópolis (nome perfeito). De lá fomos para o Cantagalo, onde pernoitamos na Pousada do Galo, onde tivemos um receptividade sem igual, em um lugar magnifico e com muita boa prosa. o quarto dia seguimos para a Serra da Luminosa, que não é temida à toa. Um paredão a nossa frente, porém no caminho tem a calorosa receptividade da Dona Inês em sua pousada, que nos ofereceu um cafezinho revigorante. Seguimos rumo a famosa Campos do Jordão, na Pousada Refugio do Peregrinos, onde encontramos muitos peregrinos e tivemos uma boa descontração com as experiências de cada um durante o Caminho. A noite não podíamos de deixar de visitar Capivari, com seu charme em estilo europeu. No último dia de peregrinação (e o mais esperado), fomos rumo a Pedrinhas (Gomeral), passagem não oficial do Caminho da Fé (Caminho de Aparecida), mas que tem um visual sem igual da Serra do Mantiqueira e do Vale do Paraíba, com uma descida longa e extremamente técnica que ao final, encontra novamente com o Caminho da Fé oficial, já num dos pouquíssimos trechos planos, onde após algumas quilômetros já se pode ver a Basílica. Essa sem dúvida é a vista que o peregrino tanto almeja e faz suas forças renovarem e apressar o pedalada (ou o passo) na ansiedade de chegar. Todo o caminho é belíssimo, mas nada se compara a sensação de dever cumprido quando se depara com a Basílica de Nossa Senhora Aparecida a sua frente, onde recebemos o certificado de conclusão do tão sonhado e difícil Caminho da Fé. Que venha os próximos. Obs.: para os iniciantes nessa jornada, faça uma boa programação, respeitando seu condicionamento e principalmente o "mar de montanhas" do percurso.

  • Foto de Rafael_Carlos

    Rafael_Carlos 29/dez/2016

    Cronograma

    Dia 1
    De Poços de Caldas à Ouro Fino: Tivemos muitos problemas com as bikes, o que atrasou o cronograma. Ficamos em Barra na Pousada João e Joelma por R$60, com jantar e café da manhã. Muito bom

    Dia 2
    De Barra a Estiva: Tentamos voltar ao cronograma, mas não foi possivel. Ficamos em Tocos do Mogi, na Pousada Zé Dito por R$30, somente a estadia. Como a pousada fica na praça, é fácil encontrar opções para alimentar. Recomendo o Bar e Padaria do Rubinho, com excelente atendimento.

    Dia 3
    De Tocos do Mogi à Cantagalo: Finalmente voltamos ao cronograma, porém foi o dia mais puxado. Ficamos na Pousada do Galo, por R$60 com jantar e café da manhã. Recomendo pois a pousada é muito bonita e tem excelente receptividade.

    Dia 4
    De Cantagalo à Campos do Jordão: Ficamos na pousada Refúgio do Peregrinos, por R$65, com direito apenas ao café da manhã. Na cidade, as opções não são acessíveis, mas se procurar dá pra encontrar bons preços. A pousada é ponto de encontro de muitos peregrinos, onde tem boa conversa.

    Dia 5
    De Campos do Jordão à Aparecida: Não ficamos em nenhuma pousada, pois após a visita à Basílica, tomamos banho no Apoio dos Motoristas, lá mesmo na Basílica, por R$5. Logo após partimos de volta para a casa.

    Vejam também vídeo no YouTube:

    https://www.youtube.com/watch?v=dO2QBL_zl3o

You can or this trail