tclazier
39 95 0
  • Foto de Yuri Arten road/light gravel cycling circuit
  • Foto de Yuri Arten road/light gravel cycling circuit
  • Foto de Yuri Arten road/light gravel cycling circuit

Horas  2 horas 13 minutos

Coordenadas 6014

Uploaded 9 de Outubro de 2019

Recorded Outubro 2019

-
-
47 m
24 m
0
8,9
18
35,48 km

Visualizado 2 vezes, baixado 0 vezes

próximo a Gifhorn, Niedersachsen (Deutschland)

After getting to know the area, this is the first cycling training circuit I have designed for myself in Gifhorn. The name is in honor of my good friend and cyclist Yuri and Arten

Descrição
O circuito começa no Tiagosweg, também conhecido como Am Bostelberg – o novo nome foi dado em 2019 porque é o caminho onde o Tiago passa quase todos os dias, correndo ou pedalando. Asfaltada e propícia a passagem de carros, a rua logo se afunila e troca o asfalto pelas pedras e depois pela terra batida, a medida em que passa a margear um bosque a esquerda. Casas, a direita, acompanham o caminho até a rodovia.
Na rodovia, dobramos a direita, e seguimos rapidamente pela ciclovia, até alcançarmos o próximo cruzamento, no qual dobramos a esquerda, cruzando a rodovia e adentrando os caminhos pastosos”, assim chamados por recortarem uma área sem graça, repleta de pastos e plantações. Seguimos neles por alguns quilômetros até cruzamos um belo córrego e alcançarmos o Tankumsee, lago e praia da cidade.
Contornamos grande parte do lago, um dos pontos mais belos desse circuito, e dobramos a esquerda duas vezes para iniciarmos a subida do canal do Aller. Como teremos que cruzar o canal e pegar sua outra margem, sugerimos que isso seja feito agora. Caso o ciclista deixe para cruzar mais a frente, corre o risco de ter que carregar a bike escada acima para acessar a ponte, como o fez o roteirista desse circuito. Nesse ponto o acesso a outra margem se dá por debaixo do canal, o que facilita bastante a vida do ciclista.
Seguimos pela ciclovia que margeia o canal do aller por vários quilômetros, apreciando a vista da região, já que o canal é elevado em relação ao entorno. A ciclovia não é asfaltada, mas o gravel é bem suave. O canal desagua em um outro canal, não elevado. Seguimos por ele por mais alguns quilômetros, e, depois de passarmos pela calçadão do porto, dobramos a esquerda para logo atingirmos o Ilkerbruch, talvez o ponto mais belo desse circuito, mas também menos adequado a uma bike speed. A terra é bem batida então é possível encarar esse trecho com um pneu fino, mas perde-se bastante estabilidade e desempenho.
O Ilkerbruch é um moor, espécie de pântano muito típico da região, mas difícil de ser encontrado hoje em dia, pois a maior parte deles foi drenado para a agricultura ao longo dos séculos. Dobramos rapidamente a esquerda para acessarmos o mirante Alto do Yuri, uma torre de madeira construída em homenagem a altura do grande ciclista Yuri Arten. Depois de apreciarmos a vista, em que podemos observar pássaros e bois selvagens em seu habitat natural, retomamos o circuito na direção oposta. Contornamos o moor, passamos por um outro mirante, e seguimos até alcançar a rodovia Wolfsburg-Gifhorn.
Seguimos vários quilômetros pela ciclovia asfaltada ao lado da rodovia. Já mais próximos de Gifhorn, pegamos o atalho pelo bosque das GPs, por um caminho de terra batida. Cruzamos um outro rio, uma outra rodovia, e finalmente adentramos na cidade novamente. Estamos agora apenas alguns quilômetros do Tiagosweg. Para os esfomeados, sugere-se o desvio da Gabi Fominha, em direção ao centro, onde, se for segunda-feira, podemos comer um Doener inteiro por apenas 2,50 euros.

Comentários

    You can or this trail