Tempo em movimento  2 horas 30 minutos

Horas  5 horas 31 minutos

Coordenadas 1756

Uploaded 9 de Agosto de 2018

Recorded Agosto 2018

-
-
836 m
740 m
0
2,6
5,3
10,52 km

Visualizado 31 vezes, baixado 1 vezes

próximo a Inhotim, Minas Gerais (Brazil)

João Victor P. Ferreira - AUT T2
Juan Said - AUT T2
Gabriel Hübner - AUT T2
Victor Lopes - AUT T2
Marcos Moulaz - AUT T2
Fernanda Cristina - AUT T2
Isabella Machado S. Cruz - QUI T2
foto

Física Moderna no Inhotim

João Victor P. Ferreira - Automação T2 Juan Said - Automação T2 Victor Lopes - Automação T2 Marcos Moulaz - Automação T2 Gabriel Hubner - Automação T2 Isabella Machado - Química T2
foto

Foto

True Rouge 1997 Autor: Tunga(Apelido), Antônio José de Barros Carvalho e Mello Mourão. Pelo que foi entendido pelo nosso grupo em relação a obra, a galeria True Rouge, é que essa tem relação com o tema “Espaço-Tempo”, pois a obra de arte está pendurada e ao mesmo tempo podendo estar em movimento não tendo uma coordenada fixa então temos uma obra que utiliza um espaço tridimensional, e no fator tempo pela variação de movimentos nele os períodos decorridos com vários estados e formas.
foto

Foto

Gui Tuo Bei do chinês Zhang Huan, é uma obra que nos remete à cultura chinesa, visto que, há monumentos monolíticos sendo carregados por uma tartaruga, o que é bastante comum de ser encontrado em locais sagrados e lugares públicos na China. Essa obra pode ser relacionada ao conceito de espaço tempo pois ao escolhermos diferentes pontos e momentos como referência, essa “tartaruga” está caminhando em diferentes sentidos.
foto

Foto

Nesta obra (O colecionador), é possível acompanhar a diversidade de interesses de sua obra e a variedade de fontes da pesquisa da autora - a abstração, a ruína, o monumento, o monocromatismo, a violência; a história, as ciências naturais, a arquitetura. Todos estes aspectos se relacionam diretamente ao espaço-tempo de uma maneira que, todos, em conjunto, representam a realidade no decorrer do tempo. Sem contar que, a obra apresenta-se em um plano que mostra um aspecto tridimensional, onde tempo e o espaço tridimensional são concebidos, em conjunto, como uma única variedade de quatro dimensões a que se dá o nome de espaço-tempo.
foto

Foto

Elevazione, a árvore suspensa do italiano Giuseppe Penone, pode ter seu aspecto visual relacionado ao conceito de rede da definição de espaço-tempo. Mesmo no vácuo, a matéria, ao contrário da ideia de levitação suposta no senso comum, sofre influência de inclinações nas coordenadas do espaço-tempo e tende a "escorregar" ainda que sem influência da gravidade. Logo, assim como os corpos estão apoiados em uma "malha" de coordenadas, cujas declividades definem sua posição no cosmos, a árvore de bronze central da obra tem seu posicionamento determinado pelo crescimento das árvores que a erguem.
foto

Foto

A obra de Carlos Garaicoa, Ahora julguemos a desaparecer, tem relação de espaço-tempo pelo simples fato de ser um espaço que se trata de havana, representada com velas que são trocadas ao passar do tempo por outras novas, as velas colocadas num espaço tridimensional, sendo a obra, uma crítica a arquitetura moderna atual.
foto

Foto

A obra Forty part motet, de Janet Cardiff possui relação com o espaço-tempo, pelo aspecto de cada voz ocupar seu lugar no espaço por um determinado período de tempo , porém , interagindo juntas de forma harmônica ,visto que , uma voz sozinha não faria a música toda. Além disso, o ouvinte ao se movimentar pelo “Caminho das vozes” traça coordenadas no referente tempo da música, sendo essa movimentação o elemento que origina o efeito melódico da obra.
foto

Foto

A obra Magic Squares de Helio Oiticica, é uma das obras que mais chama e prende a atenção do espectador no Inhotim, isso ocorre por causas das gigantes “paredes” de diferentes cores vivas presente em um local que é predominante verde (homogeneidade) e calmo. Analisando a obra de maneira mais detalhada e pelo lado da Física Moderna pode-se perceber uma relação da mesma com o espaço tempo, nessa obra é possível o espectador penetrar e interagir com a mesma, o que é possível pelo fato do espaço ser tridimensional, existência de altura, largura e comprimento, e fica fácil perceber a existência desse espaço pois temos como referência as diversas paredes coloridas, sendo possível assim que esse lugar seja medido (quantificado) e que também seja palco de diversas experiências. Mesmo que a obra Magic Squares propícia aos visitantes do Inhotim uma interação, nada o que essa pessoa fizer enquanto estiver interagindo com a obra interferirá no tempo, ou seja, o tempo fluirá de forma uniforme independente do que está acontecendo externamente (absoluto) a ele.
foto

Foto

Comentários

    You can or this trail