Horas  8 horas 44 minutos

Coordenadas 2019

Uploaded 18 de Novembro de 2018

Recorded Novembro 2018

-
-
1.480 m
907 m
0
6,1
12
24,6 km

Visualizado 98 vezes, baixado 1 vezes

próximo a Brañas de Sierra, Galicia (España)

Roteiro que visita catro das devesas máis fermosas e desconhecidas da serra do Courel: Devesa de Branhas; Devesa de Fonteformosa; Devesa do Faro e Devesa de Riocereixa.
Devido a que é um roteiro extenso (case 25 Km) e com muito desnível acumulado (no telemóvel o Wikiloc marca 5000 m, bastante máis que o que subiu!?), calificamo-lo como difícil. Mais sabemos que com bom fundo físico e vontade de caminhar e desfrutar da beleza courelá, as pernas acompanham a todos e todas a completar este belo roteiro.
Nom hai maior e melhor prémio do que podermos ver o esplendor cromático da natureza galega, de vermos a riqueza das cores do auténtico Outono galego. Um outono que nos estám a furtar com monoculturas de deserto verde, um Outono que nom existe já no litoral do nosso país.
Se observarmos bem o mapa podemos ver que este roteiro dá para o dividir em dous percursos circulares; visitando, por um lado, a zona de Branhas-Fonteformosa e suas devesas; e polo outro, a zona de S.Pedro-Riocereixa de Abaixo-Riocereixa de Arriba (polo Chao do Pando) e a Devesa do Faro.
Neste cruzamento viramos à esquerda, e começamos a subida cara a Devesa e faial de Fonteformosa. Se seguimos em linha recta imos cara a aldeia de Fonteformosa. Por aqui havemos passar na nossa volta.
Neste cruzamento seguimos o caminho de frente, co faial à nossa direita. Marquei este waypoint pois se virarmos à esquerda, podemos subir ao monte Faro, um dos máis altos do Courel, ao campo do Gamonal e irmos cara a aldeia de Busmaior e o seu magnífico faial.
O Faial está hoje espectacular. As faias destacam pola sua cor avermelhada, de ocre a grená, e distinguem-se perfeitamente do resto das árvores. Aqui som maioria absoluta, e polo resto do roteiro som-che-vos tamém bem abundantes. Beleza!
A Fonte mana bem de auga e o depósito está cheio. Importante para o planeamento dos percursos pedestres termos fontes para os caminhantes repormos líquidos.
Deste miradoiro podemos ver e tirar grandes fotos panorámicas. Este miradoiro natural lembra ao companheiro de caminhadas, o caro Carlucci, a pintura do artista romántico Caspar David Friedrich, o caminhante sobre o mar de nuves (http://noticias.universia.com.br/cultura/noticia/2017/05/23/1152645/arte-dia-caminhante-sobre-mar-nevoa-caspar-david-friedrich.html).
Na descida cara Riocereixa (Chao dos Bois) topamos com umha magnífica e bela Carvalheira. O Outono cromático está tamém aqui de puro éxtase. Baixando os carvalhos dominantes som os alvarinho (Quercus robur). Indo de Riocereixa a S. Pedro, dominan os cerquinhos ou rebolos (Quercus pyrenaica).
A fantástica Devesa do Faro vista da Carvalheira.
Panorámica da Aldeia de S. Pedro na baixada polo caminho que vai a Riocereixa de Abaixo (Os Pedregais).
O Carrozo do mazo é o rego que pasa por Riocereixa de Abaixo.
Curiosa casa-museu etnográfico de Riocereixa de Abaixo. Tem um teixo ao pé da casa e caminho e umha macinheira de froitos bem saborosos.
Magnífico exemplar de Castinheiro no caminho e souto de Riocereixa.
Num castinheiro monumental (num de tantos que hai) em Riocereixa de Abaixo, observamos que nasceu umha Faia numha das dobras que fai a casca do tronco.
Devesa do faro e Riocereixa vistas da aldeia de S.Pedro. O caminho que sobe de Riocereixa de Abaixo até S.Pedro é dumha beleza sem par.
Devesa
A devesa do Faro está inçada de cor. As vermelhas faias destacam hoje sobremaneira.
A Aldeia de S.Pedro vista do caminho que nos leva a aldeia de Fonteformosa.
Durante todo o dia vimos moitas árvores quebradas pola forte nevarada de hai um mês (moitos salgueiros, mais tamém faias, carnabudos, carvalhos, castinheiros,...). A mudança climática que alguns teimam em negar e ocultar tem estes danos reais e irreparáveis. O carvalho da foto era de tamanho exemplar.
Aldeia fonteformosa
A razom desta foto de Faia amarela, a beira do caminho da entrada à aldeia de Fonteformosa, é por ser a primeira que vemos no percurso que ainda mantém estes tons amarelos.
Polo caminho que sai da Capela de S. Roque, em Fonteformosa, vai outro caminho para visitarmos o faial de Fonteformosa. Aconteceu que estava sem limpar, polo que devido aos kms andados, deixamos a visita para outra ocasiom
Faial e aldeia de Fonteformosa.
Amanita esp. ao pé duns belos bidueiros no caminho de volta a Branhas da Serra.
Aldeia de Branhas, no solpor.

Comentários

    You can or this trail