Horas  4 horas 10 minutos

Coordenadas 1529

Uploaded 20 de Novembro de 2017

Recorded Novembro 2017

  • Rating

     
  • Information

     
  • Easy to follow

     
  • Scenery

     
-
-
621 m
458 m
0
2,6
5,2
10,34 km

Visualizado 376 vezes, baixado 26 vezes

próximo a São Vicente, Portalegre (Portugal)

Percurso muito bonito, de grau de dificuldade baixa, bem sinalizado, mas que se deve ter em conta que em alguns troços é coincidente com outras rotas (GR41, PR1 e PR2).

Com início no largo em frente à capela de Nª Sra. dos Remédios, onde se pode deixar a viatura à sombra dos cedros, bem perto da fábrica da Unicer, logo tomamos o rumo em direção à primeira das 18 fontes (Fonte da Mealhada), de cuja nascente a referida fábrica faz a captação da bem conhecida água de marca “Vitalis”.

Esta pequena rota, essencialmente urbana, é ideal para nos dar a conhecer o núcleo antigo da Vila, o castelo, a zona da antiga judiaria, o património religioso, as casas apalaçadas, mas também nos leva a percorrer alguns caminhos tradicionais fora do burgo, por veredas estreitas, por calçadas medievais e ladeando terrenos agrícolas.

Apesar do clima de seca que o país atravessa, das dezoito fontes que percorremos, apenas na fonte do Regalo não jorrava o precioso líquido.
Sec. XIII e XIV, foi igreja matriz até 1311.
Igreja da Sra. dos Remédios.

3 comentários

  • Foto de vcastanheira

    vcastanheira 11/fev/2018

    No último terço da Trilha o percurso é difícil, por um caminho de terra de grande inclinação. Não indicado para crianças.

  • Foto de vcastanheira

    vcastanheira 11/fev/2018

    I have followed this trail  verificado  View more

    No último terço da Trilha o percurso é difícil, por um caminho de terra de grande inclinação. Não indicado para crianças.

  • Foto de Ulisses Silva

    Ulisses Silva 12/fev/2018

    Caro VCastanheira,
    Tenho sempre o cuidado de fazer uma classificação de um percurso que traduza o grau de dificuldade que se espera, embora, como se deve compreender, esta apreciação é sempre muito subjetiva.

    Apesar do trilho se considerar acessível (no caso em apreço, bastante), deve-se ter sempre em conta vários fatores antes de o realizar, para que uma caminhada não passe de um “ simples passeio “ a “ uma grande enrascada “, devendo-se ter sempre em conta o esforço para a realizar, a exposição ao risco, a orientação, certos aspectos da trilha como a extensão o tempo necessário para concluir o percurso, devendo consultar sempre estes indicadores, bem como a apresentação gráfica de elevação que consta no mapa da trilha.

    Naturalmente que a idade das crianças é também um factor a ter em conta, se bem que, pela experiência pessoal, estas também nos surpreendam com a sua energia.

    Boas e seguras caminhadas.

You can or this trail