Tempo em movimento  uma hora 25 minutos

Horas  uma hora 10 minutos

Coordenadas 233

Uploaded 9 de Setembro de 2018

Recorded Setembro 2018

-
-
964 m
860 m
0
0,7
1,4
2,77 km

Visualizado 147 vezes, baixado 2 vezes

próximo a Belo Horizonte, Minas Gerais (Brazil)

Passeio a Praça da Liberdade

Aluna: Verônica Santana Coelho
RA: 0033466
Turma: Química A - T1
Ano: 2°

Acompanhantes: Neide Marcolino e Thais Rodrigues
O passeio consta-se com dificuldade moderada devido o deslocamento necessário até o lugar e problemas técnicos enfrentados, como o furto do celular em que estava sendo realizado o trabalho, tal acarretou a necessidade de refazer a trilha, visto que todo o conteúdo perdeu-se.

Obras com os textos válidos de acordo com a proposta do trabalho:
- Geodo de Ametista
- Atração de Miragens
- Arquitetura - Edifício Niemeyer
A reflexão ronda acerca do tempo e espaço para a formação rochosa desse mineral, visto que há uma diferença constatada entre a matéria que o constitui e o tempo necessário para cada detalhe, mais especificamente é como na clássica hipótese a respeito da Teoria de Einstein que aborta tudo ser relativo, em que supõe-se um astronauta viajando pelo espaço, logo ao retornar a Terra encontrará as pessoas com aparência mais idosa, indicando uma longa passagem dos anos, entretanto para ele a noção de tempo estaria destorcida, aparentando poucos anos passados. Baseado no exemplo destrinchado, pensa-se no caso do Geodo, o qual forma-se normalmente por bolsões de ar meio a rochas vulcânicas quentes, todavia os cristais em seu interior, nesse caso as ametistas, formam-se a medida que a água se infiltra e vai em direção ao bolsão de ar, depositando ali os minerais nela antes presente que gradualmente se acumularão e criarão os cristais. Em suma, formação do Geodo possui um tempo determinado, tempo esse divergente do necessário para a formação dos cristais, além de que o espaço, tratado nesse momento como o ambiente e as condições em gerais adequadas para a formação de cada um deles, é diferente. Enfim, mesmo estando visivelmente integrados, o que induz a pensar terem tido formação conjunta, não possuem a mesma denominação de espaço e tempo, tornando explícito por uma obra natural a relatividade de tal, como já disse Albert Einstein: "Olhe para as estrelas e aprenda com elas." adequando tal, olhemos para a natureza e aprendamos com ela.
É dada a impressão de que é possível tocar/pegar a amostra do mineral, entretanto ao tentar tocá-la, ela se desfaz. Sendo assim não passa de uma ilusão de ótica criada por um jogo de espelhos e reflexões. A Teoria de Einstein que circunda a relatividade entre o espaço e tempo é nitidamente notável nessa atração, devido com a aproximação e logo o toque o mineral não ser atingido, afinal ele em condição de matéria não encontrar-se "ali", sendo assim, seria possível tratar o espaço entre a amostra e o visitante como relativo e o tempo por sua vez o acompanha meio a relatividade, visto que colabora para a mutação da percepção de distância e realidade do mineral.
É extremamente interessante refletir a respeito de que cada um dos elementos presentes nessa tabela formaram-se em diferentes períodos e climas. Cada um foi registrado em um tempo determinado ainda hoje é aberta a possibilidade de novas descobertas.
A diferença é explícita entre as arquiteturas das construções ao fundo da imagem, demarcam a diferença de épocas em que foram construídas, sendo o destaque nesse comentário acerca do prédio modernista, obra de Oscar Niemeyer. O edifício denominado Niemeyer tem arquitetura incomum devido as faixas de concreto que o circundam permitirem a impressão de que o edifício possui mais de 15 andares, contudo, possui apenas 8 andares, isso é acarretado pela arte barroca e o ilusionismo que pode ser relacionado a Teoria da Relatividade Geral em que Albert Einstein contrapõe as ideias de Isaac Newton, visto que ele faz alegações em torno da ideia de que o tempo não é rígido, logo ao observar a construção do edifício tem-se a ideia de que ele também não é rígido, por ser possível visualizá-lo com determinada "mobilidade" trazida por suas curvas, indo mais afundo, a base da construção e o prédio em si é reto e segue um padrão, apenas após sua construção realizou-se sobre ele a jogada arquitetônica com as faixas de concreto e seria possível muitas outras possibilidades. Em síntese, interpreta-se a necessidade dos ideais de Isaac Newton para um futuro aprofundamento com maior possibilidade de fluidez como o realizado por Albert Einstein.
As interpretações e os nomes aderidos são pessoais.
A discrepância constata-se na tecnologia empregada ao funcionamento do elevador e a marcação dos andares em qual observa-se nitidamente traços de um tempo passado, os mesmos traços visíveis na janela e na escada.
Nome incoerente com o dado pelo artista responsável, nesse caso Basquiat.
É notável a diferenças entre a nitidez entre o vídeo passando no aparelho de TV e as demais imagens de tempos passados.
Destaque ao telefone utilizado pela garota fotografada e o quanto tal evoluiu.
Acompanhantes: Neide Marcolino Santana Coelho - 52 anos - mãe Thais Rodrigues Carvalho - 16 anos - amiga

Comentários

    You can or this trail