Tempo em movimento  28 minutos

Hora  52 minutos

Coordenadas 288

Enviada em 23 de Outubro de 2019

Registrada em Outubro 2019

-
-
92 m
81 m
0
9,7
19
38,68 km

Visualizado 10 vezes, baixado 0 vezes

perto de Santos-o-Velho, Lisboa (Portugal)

Jardim da estrela
Informação

Início do parque

Jardim Guerra Junqueiro, localizado à frente da Basílica da Estrela, mais conhecido por Jardim da estrela foi construído em 1842, séc. XIX, por ideia de Bernardo da Costa Cabral, Marquês de Tomar. Este procurou criar um espaço de lazer e paz. Um donativo inicial do Barão de Barcelinhos e a colaboração da rainha D. Maria II permitiu a sua realização. É constituído atualmente por uma vegetação abundante como as magnólias, os pinheiros, os catos e até uma figueira-estranguladora (Ficus macrophylla), apresentando também uma elevada quantidade de fauna como os cisnes, os patos e várias espécies de pássaros. Localiza-se à frente da Basílica da Estrela, tendo vários serviços disponíveis como: • Parque infantil • Café (esplanada) • Lagos • Estátuas
árvore

Cedro-dos-Himalaias

Cedrus deodara Vive em média 100 anos e pode atingir os 70 metros de altura. Os frutos são estróbilos (pinhas) ovoides, com 8 a 12 cm, que amadurecem entre o segundo e terceiro ano após a floração, desintegrando-se na maturação; As sementes são aladas. O tipo de reprodução é monoica.
árvore

Tília

Tilia tomentosa Moench É uma árvore com origem no sudeste da Europa e no sudeste da Ásia, que tem um tipo de reprodução hermafrodita. O seu período de floração começa em maio acabando em julho, as suas flores são brancas a cremes, pequenas e encontram-se agrupadas. As flores podem também ser usadas para a produção de chá. Pode atingir 30 metros de altura e requer solos profundos e drenados. Não é uma árvore autóctone em Portugal mas muito utilizada em jardins.
Building of interest

Coreto

árvore

Lódão

Celtis australis É uma árvore de folha caduca que pode atingir os 30 metros de altura, vive em média 200 anos e em casos raros até aos 800 anos. Requer afloramentos rochosos fissurados, resiste bem à seca, pois possui raízes profundas e ramificadas e resiste bem ao calor, mas não ao frio. Resiste à poluição urbana por isso é que é tão frequentemente usado em jardins urbanos.
árvore

Agapantos

Agapanthus praecox É uma herbácea perene originária da África do Sul, apresenta folhas longas de cor verde clara. O seu período de floração começa em junho acabando em agosto, as suas flores podem ir do azul ao lilás ou podem ser brancas. Requer solos ricos e drenados, mas resiste à geada (até -10ºC)
árvore

Plátano

Platanus x hispanica Árvore caducifólia de rápido desenvolvimento que pode alcançar 30 metros a 40 metros de altura apresentando uma copa ampla um tronco grosso com casca lisa. Esta espécie de árvores é muito resistente, ao vento, poluição, calor e tipo de solos. Por isso é uma das árvores mais usadas em todo o mundo na arborização urbana. É monoica e apresenta flores masculinas ou femininas. As masculinas são de um tamanho menor, globosas, pedunculadas e com um perianto duplo. Por sua vez, as femininas são mais grandes, encontram-se penduradas e agrupam-se ao redor de um recetáculo de superfície tuberculada.
Lago

Estátua/ Lago

árvore

Árvore-de-fogo

Metrosideros excelsa O Metrosidero é uma árvore de folha persistente, que pode atingir em solos férteis e profundos até 20 m de altura. É uma árvore muito resistente ao vento, tolera solos pobres, pode ser plantada junto ao mar e a floração e a folhagem são muito decorativas, mas é pouco tolerante à sombra e tem um crescimento lento. Dá uma flor vermelha entre maio e julho, muito atrativa para as abelhas pela quantidade de néctar que contém. É também conhecida por pinheiro de Natal da Nova Zelândia, pois no hemisfério Sul o metrosidero enche-se de flor vermelha em dezembro e janeiro.
árvore

Magnólia

Magnólia é uma árvore persistente de grande porte que pode atingir 20 a 25m de altura. Os frutos são constituídos por folículos castanhos, cujo conjunto tem o aspeto de uma pinha, albergando cada folículo uma semente de cor vermelho-vivo. Requer solos de boa qualidade, não calcários e profundos, sendo exigente em rega. Possui tronco cinzento liso e ramos jovens castanho-alaranjados. As suas folhas são grandes, de 10 a 25cm de comprimento e as flores são brancas, hermafroditas, surgindo no fim da primavera.
árvore

Cycas

Cycas revoluta A Cycas revoluta é uma espécie de cicadófita do género Cycas da família Cycadaceae, nativa de Fujian, na China, e de Kyushu e Ilhas Ryukyu, no Japão. Trata-se de uma planta ornamental que se dá em locais rochosos, em solos arenosos com boa dernagem e expostos ao sol, com o nome comum de cica, sagu-de-jardim, falsa-palmeira. Apresenta folhas longas, rígidas e brilhantes. É uma planta dióica, de origem pré-histórica, com crescimento bastante lento
árvore

Bananeira

Musa sp A bananeira não é uma árvore, mas sim uma herbácea de grande porte e crescimento rápido e é uma planta de cultivo fácil. Tem de origem o sudeste da Ásia (Noroeste da Índia, Burma, Camboja, Sumatra, Java, Bornéu, Filipinas e Taiwan). Como não produz sementes, a propagação das bananeiras dá-se através de mudas. O primeiro cacho surge entre 10 a 18 meses. A bananeira, normalmente, atinge entre dois metros e meio a três metros de altura, mas pode chegar até aos nove metros nalguns casos. O seu fruto, a banana, pode ser consumida de várias maneiras. A banana é um fruto muito rico em energia e também em várias vitaminas e minerais .Além de vitaminas A, B e C e ferro, também fornece magnésio, manganês, zinco e potássio.
árvore

Jacarandá

Jacaranda mimosifolia O jacarandá é uma árvore nativa da América do Sul, presente da Argentina à Bolívia, incluindo algumas regiões do Brasil. É uma árvore caducifólia, de porte médio, que pode alcançar 10 m de altura. A floração do jacarandá acontece entre abril e junho e dá-se antes de nascerem as folhas. Os ramos enchem-se de cachos de flores roxas. Os frutos são duros e castanhos, espalmados, semelhantes a castanholas, e guardam as minúsculas sementes lá dentro, que serão mais tarde transportadas pelo vento.
árvore

Cactos

Os cactos pertencem a família das Cactaceae com cerca de 300 gêneros catalogados e duas mil espécies diferentes. A sua estrutura com espinhos serve como defesa de animais herbívoros em solos selvagens. Os espinhos também servem para captar orvalho como fonte adicional de água em regiões muito áridas.
árvore

Figueira-da-Índia

Opuntia ficus-indica Cato suculento, ramificado, de porte arbustivo, com altura entre 1,5 - 3 m, ramos achatados, de coloração verde-acinzentada, mais compridos (30 - 60 cm) do que largos (6 -15 cm), variando de densamente espinhosos até desprovidos de espinhos. As folhas são pequenas e as flores são hermafroditas. O fruto é rico em açúcar e contém bons níveis de potássio, magnésio, cálcio e vitaminas C, A, B1 e B2. A nível medicinal, Figueira-da-Índia é utilizada no fabrico de alguns produtos farmacêuticos, que são indicados para o tratamento de doenças urinárias, das vias respiratórias e como diurético. Das sementes extraem-se um óleo muito utilizado para produtos de cosmética.
árvore

Alfarrobeira

Ceratonia siliqua A alfarrobeira é uma árvore de folha perene, esta é originária da região mediterrânica e atinge cerca de 10 a 20 m de altura, o seu fruto é a alfarroba. Caracteriza-se por ter folhas parapinuladas com um comprimento variável entre os dez e vinte centímetros, formadas por seis a dez folíolos ovalados, inteiros, coriáceos. As Alfarrobeiras habitam as florestas resistentes de caducifólias, as zonas secas e pedregosas dos solos calcários. É uma árvore cultivada pelo fruto, que serve para alimentar o gado e para produzir sucedâneos de chocolate.
árvore

Figueira-estranguladora

Ficus macrophylla É uma árvore com raízes aéreas que pode atingir os 60 metros de altura. Esta figueira é amplamente utilizada como uma árvore ornamental em parques públicos e jardins em climas mais quentes, como na Califórnia, Portugal, Itália e Austrália. Os seus figos têm 2-2,5 cm de diâmetro, mais pequenos que os de uma figueira normal, mudando de verde para roxo à medida que amadurecem. Embora comestíveis, os seus frutos são de gosto desagradável e seco. Esta espécie é nativa das florestas chuvosas da costa leste da Austrália.
Parque

Parque

Comentários

    Você pode ou esta trilha