A aventura de proporcionar felicidade

Juan Trochas: um estilo de vida dedicado ao ciclismo inclusivo e à televisão

Autor

Juan Trochas com seu sorriso de sempre e preparado para andar de bicicleta
Juan Trochas: felicidade no seu estado mais puro - Foto de Juan Trochas

Um aventureiro, ciclista, mas, principalmente, um homem que gosta de fazer as pessoas felizes: este é Juan Trochas. Há alguns anos, todas essas qualidades o levaram a criar a iniciativa de ciclismo inclusivo “Te Llevamos (Nós levamos você), que visa a prática do ciclismo com bicicletas especialmente adaptadas para idosos ou pessoas com deficiência. É um passeio que os ajudará a sair da rotina e que é, para muitos, um momento de intensa felicidade. Antes de tudo isso, houve uma época em que Juan Trochas era apenas Juan Diego Álvarez. Houve também uma época em que 23 de julho nada mais era do que seu aniversário. Há alguns anos, as coisas começaram a mudar, e o dia 23 foi o dia em que aconteceram coisas boas com Juan que mudaram sua vida.

De 2003 a 2005, Juan Diego Álvarez se dedicou a realizar todo tipo de atividades e esportes radicais na Colômbia. Ao longo desses anos de aventura, ele descobriu uma infinidade de esportes diferentes, mas, além disso, muitas paisagens para ver. Em 2007, no dia 23 de julho, começou a trabalhar na televisão, especificamente na Telemedellín. “No início, meu trabalho era carregar cabos”, explica ele.

Durante esses anos, Juan decidiu focar nas trilhas de bicicleta. Segundo ele, era o esporte de que mais gostava e, conforme explica, isso ficou um pouco complicado: “Tive que escolher entre trabalhar, estudar ou fazer muitas atividades ao ar livre”. Ele finalmente optou por trabalhar com os pedais e com a câmera simultaneamente. Foi assim que Juan comprou uma câmera para registrar alguns de seus caminhos na bicicleta. Um desses caminhos o levou a uma prisão chamada La Catedral (A Catedral), um lugar famoso por suas paisagens incríveis e por ser o lar de alguns eventos históricos ao longo de anos específicos. No entanto, ele não conseguiu registar toda a viagem e, quando compartilhou o que tinha com seus amigos, conhecidos e familiares, todos disseram a mesma coisa: “Gostaríamos de ter visto a viagem toda” ou “queremos ver mais vídeos como esse”. Ainda hoje, ele comenta com entusiasmo: “Eu sabia naquele momento que tinha algo especial em minhas mãos.” Com essa ideia em mente, Juan começou a trabalhar em um episódio-piloto para a emissora em que trabalhava e já era conhecido como “aquele que carregava a câmera”.

O episódio-piloto foi bem recebido pela direção da emissora, que deu sinal verde a Juan para montar um pequeno programa de TV focado no ciclismo nas montanhas e suas aventuras no Departamento de Antioquia (Colômbia). Assim nasceu o Trochas Telemedellín. Ao mesmo tempo, nasceu Juan Trochas, pois não demorou muito para que todos daquela região começassem a chamá-lo e a conhecê-lo dessa forma.

Até 2013, Juan Trochas se dedicou a mostrar a região de Antioquia, uma área em que, apesar de ele morar lá, nem todos os moradores sabiam que havia lugares espetaculares perto de suas casas. “Com o Trochas, o objetivo principal era mostrar a eles que dava para ir aonde eu ia e fazer as mesmas trilhas que eu fazia de bicicleta”, insiste Juan. 

Juan olhando as paisagens, com sua bicicleta, em Cisneros, Antioquia
Juan em uma de suas trilhas recentes em Antioquia – Foto de Juan Trochas

Naquela época, Juan já conhecia todos os tipos de projetos e iniciativas de promoção do ciclismo. Em seu município, as ciclovias passaram de três para vinte quilômetros em um curto espaço de tempo. Juan Trochas tornou-se um membro conhecido. “Órgãos governamentais me contrataram para avaliar seus projetos relacionados a bicicletas e, da mesma forma, perceberam que eu era famoso no país e no exterior. Um dia, fui até reconhecido durante uma viagem aos EUA!”, ele explica alegremente. 

“Te Llevamos” — uma iniciativa para o ciclismo inclusivo

Precisamente naquele momento, Juan Trochas decidiu começar uma nova aventura. Ele decidiu proporcionar felicidade. “Andar de bicicleta me deixa feliz, e eu acredito que o que temos que fazer é proporcionar aos outros o que nos faz felizes. Solidariedade não é dar o que sobra, mas sim o que nos faz felizes.” Ele pôs-se a trabalhar com alguns amigos: “Criamos bicicletas adaptadas para levar tanto idosos quanto deficientes”, lembra. Em 2011, nasceu a “Te Llevamos”, uma organização de ciclismo inclusivo sem fins lucrativos.

Andar de bicicleta me deixa feliz, e eu acredito que o que temos que fazer é proporcionar aos outros o que nos faz felizes 

A primeira experiência de Juan Trochas com o ciclismo adaptado apenas confirmou que eles haviam tomado a melhor decisão possível. “Sentei na bicicleta adaptada com um idoso e partimos para a trilha. Ele estava na frente curtindo o passeio, com o vento no rosto. E, quando acabou, ele me agradeceu de uma forma que fez escorrer lágrimas dos meus olhos. Ainda me emociono só de pensar nisso”, explica, emocionado de verdade, ao relembrar um momento que mudou sua vida. “Naquele momento, percebi que tínhamos que continuar com o projeto, não importava o que acontecesse. Éramos voluntários com pouco dinheiro, mas iríamos mantê-lo.”

Pouco antes do início da COVID-19, a “Te Llevamos” havia levado centenas de idosos e deficientes para passear nos fins de semana. Juan insiste que eles continuarão trabalhando duro para garantir que a organização “Te Llevamos” prossiga e retome suas atividades de ciclismo inclusivo assim que a situação de saúde na Colômbia permitir.

Um grupo de ciclismo inclusivo com bicicletas adaptadas no meio do percurso
A “Te Llevamos” organiza passeios em grupo em bicicletas adaptadas – Foto de Juan Trochas

“Quando sentamos em uma bicicleta adaptada com um idoso ou alguém com deficiência, mais do que praticar uma atividade ao ar livre muito prazerosa, estamos tirando-os da sua rotina, o que é muito especial para eles”, acrescenta Juan. Ele continua, dizendo que “deficiência é algo que está nos olhos de quem vê, mas não para a pessoa que a tem. Pela minha experiência, muitas pessoas com deficiência mal saem de casa ou participam de atividades porque seus familiares podem pensar que elas não podem ou não devem praticá-las”. 

Quando sentamos em uma bicicleta adaptada com um idoso ou alguém com deficiência, mais do que praticar uma atividade ao ar livre muito prazerosa, estamos tirando-os da sua rotina, o que é muito especial para eles

A aventura continua

Juan é um aventureiro que vive cada experiência com um sorriso. Relembrando as trilhas de bicicleta que gostaria de fazer novamente, ele menciona a trilha “Manizales — Armero GuaYabal”: “Nessa trilha, estávamos na área do Nevado del Ruiz e passamos por Murillo, um dos municípios de maior altitude da Colômbia. Terminamos a trilha na área de Armero, uma cidade que foi totalmente devastada pela erupção do vulcão Nevado del Ruiz em 1985. Sem dúvida, não tinha como não lembrarmos do que havia acontecido ali, e isso nos arrepiou.” “Isso foi em março de 2011, uma viagem de 100 km, e descemos cerca de 3.000 metros de elevação em um dia.”

Quanto à sua trajetória profissional na televisão, a Telemedellín parou de filmar novos episódios do programa Trochas, embora ainda apresente reprises de episódios de 2007 em diante. “Em muitos deles, acho que pareço muito jovem”, diz ele rindo. No entanto, o cancelamento de novos episódios não significou o fim da sua carreira na TV. Em 2019, ele foi convidado de volta para continuar suas aventuras graças a uma oferta da Teleantioquia. Durante as filmagens dos episódios do novo programa, Juan praticou 26 atividades e esportes radicais em pouco menos de três meses. Mais uma vez, o objetivo não foi dar uma demonstração de suas habilidades, mas sim “motivar as pessoas a fazerem essas atividades e incentivá-las a visitar a região colombiana de Antioquia”. 

Juan Trochas, apoiado em uma bicicleta durante as filmagens de Rodando caminos, seu novo programa de TV
Juan Trochas durante as filmagens de seu novo programa de TV – Foto de Juan Trochas

Concluído o último programa de TV, tanto a bicicleta quanto a televisão voltaram à vida de Juan, já que lhe foi oferecido um novo programa em que o foco principal seria viajar por Antioquia de bicicleta destacando a paisagem, as pessoas e a gastronomia. “Era exatamente o que eu gostava”, ele enfatizou com uma risada. “Esse é, sem dúvida, o projeto com o qual tenho sonhado todos esses anos.” O primeiro episódio de Rodando caminos foi filmado em 23 de julho de 2020, no seu aniversário. Sem dúvida, essa é uma data mágica para Juan Trochas, mas também para os antioquenhos, já que Juan vive para compartilhar e doar aquilo que o faz feliz a quem está ao seu redor.