A Ilha da Irlanda

Descubra todos os segredos da fascinante terra dos trevos e da magia celta

Autor

Vista panorâmica do Silent Valley National Park, um dos pontos mais visitados das Montanhas de Mourne.
Foto por @Wild-art

Em uma terra longínqua, pode-se ouvir os ecos distantes da gaita de foles. Os penhascos verde-esmeralda parecem cantar uma bela canção sobre o passado, enquanto os vastos prados cravejados de trevos se estendem sob nossos pés. Toda a ilha da Irlanda é generosamente agraciada de inúmeras qualidades notáveis, uma delas a sua capacidade de celebrar a união entre o homem, a tradição e a natureza. Uma das melhores maneiras de desvendar seus tesouros é percorrer uma dessas 10 rotas, seja a pé ou de bicicleta.

Rota entre as Falésias de Moher

Vista da Torre de O'Brien, uma das principais atrações na rota das Falésias de Moher.
Foto por @tbk

Diz a lenda que um pescador de Moher roubou um manto mágico de uma sereia que o seguiu até em casa. Posteriormente, eles acabaram se casando. Um belo dia, porém, enquanto seu marido estava pescando, ela encontrou a capa e fugiu com ela de volta para o mar. Segundo outra lenda, acredita-se que uma cidade submarina escondida se encontra sob as ondas tempestuosas da Irlanda, aguardando ser despertada. Estes são apenas dois dos inúmeros contos que tornam muito mais encantadora a experiência de visitar o local mágico de “Cliffs of Moher” (Falésias de Moher), na região de Burren. Por si só, trata-se de um verdadeiro espetáculo, com uma rota que começa em Doolin e segue ao longo da costa, passando por várias trilhas com sinais e marcações. Se tiver um pouco de sorte, será possível avistar as Ilhas Aran e a Baía de Galway à distância.

Encontre mais descrições e fotos em

Carrauntoohil, a montanha mais alta da ilha da Irlanda

Vista da Torre de O'Brien, uma das principais atrações na rota das Falésias de Moher.
Foto por @hyde

Com 1.039 metros de altura, Carrauntoohil é considerado o ponto mais alto de toda a ilha da Irlanda. O desafio perfeito para os amantes de caminhada e montanhismo localizado em County Kerry, onde a cordilheira de MacGillycuddy’s Reek arranha os céus desta ilha gaélica. Coloque seu melhor par de tênis de trekking, reserve bastante água potável e leve comida suficiente para trilha a fim de se precaver, especialmente para quem não quer perder a “The Devil’s Ladder” (Escada do Diabo). Este caminho peculiar segue em zigue-zague até um prado que divide todo o vale. Ao chegar no local, você terá a sensação de que acabou de tocar o céu.

Distância

12,74 km

Desnível +

931 m

Distância

12,74 km

Desnível +

931 m

Encontre mais descrições e fotos em

Siga para o Farol de Howth

O Farol de Baily, um dos pontos de interesse dos visitantes, atraídos pelo caminho ao longo das falésias de Howth.
Foto por @ARONFORCELLI

A apenas 37 minutos de Dublin, Howth Head se estende em direção ao Atlântico envolta em névoa com falésias repletas de gaivotas. Como qualquer cena típica irlandesa, esta rota começa na pitoresca cidade pesqueira de Howth. Este é realmente o melhor ponto de partida para uma relaxante trilha repleta de maravilhas: as falésias, o Farol de Baily e a volta até o porto local, um ótimo lugar para avistar as focas que se aglomeram em volta dos barcos de pesca sendo rebocados com o pescado fresco do dia. A paisagem é tanto épica quanto mística. Em dias claros, você pode até ver o “Ireland’s Eye” (Olho da Irlanda), que é a ilha em que ficava a igreja de Howth de um antigo povoado.

Distância

7,64 km

Desnível +

207 m

Terra Incognita
com
Distância

7,64 km

Desnível +

207 m

Terra Incognita
com
Encontre mais descrições e fotos em

O charme do “Diamond Hill”

Lago Kylemore no Parque Nacional Connemara, no local em “Diamond Hill”.
Foto por @Hors-Pistes

O famoso Parque Nacional da Connemara é o lugar ideal para retomar o contato com a natureza: ovelhas pastando, pequenos vilarejos com aroma de frutos do mar e montanhas cobertas de nuvens. Uma dessas montanhas, a “Diamond Hill” (Colina de Diamante), é realmente uma das joias de Galway. Com 442 metros, o caminho até este pico é tranquilo como um conto de fadas, pois ilustra bem a magia que existe no interior do país. Em especial, tanto “Lower Diamond Hill” quanto “Upper Diamond Hill” são caminhos que podem ser feitos desde Letterfrack conforme você se aventura cada vez mais longe das águas doces e cristalinas do famoso Lago Kylemore.

Distância

6,97 km

Desnível +

411 m

Distância

6,97 km

Desnível +

411 m

Encontre mais descrições e fotos em

Explore as Montanhas de Mourne

Vista panorâmica do Silent Valley National Park, um dos pontos mais visitados das Montanhas de Mourne.
Foto por @Wild-art

A Irlanda do Norte ostenta algumas das mais belas paisagens, entre as quais estão as uivantes Montanhas de Mourne, uma cordilheira de granito com um dos picos mais altos da ilha a 850 metros acima do nível do mar, o gelado pico de Slieve Donard. Neste santuário dos sonhos, o início de sua jornada começa com o pé direito com um farto café da manhã que inclui salsichas e batatas “Comber”, uma iguaria local vinda diretamente de County Down. Logo após, você pode seguir pelo caminho que atravessa as montanhas, aproveitando uma vista impressionante do Silent Valley National Park, que abriga lagos azuis refletindo as montanhas verdes que foram esculpidas ao longo do tempo por pequenas cachoeiras. Outra atração próxima para o visitante é a “The Mourne Wall”, uma muralha antiga erguida pelos celtas.

Distância

11,34 km

Desnível +

611 m

Distância

11,34 km

Desnível +

611 m

Encontre mais descrições e fotos em

Lago Muckross e Catarata de Torc

A Catarata de Torc, um dos principais pontos turísticos naturais do Parque Nacional de Killarney.
Foto por @patricia77

Considerado a primeira reserva de parque natural declarada na Irlanda em 1932, o Parque Nacional de Killarney, no condado de Kerry, é composto por mais de 102 km² de magníficos lagos, cachoeiras e florestas. Como o pitoresco Lago Muckross rouba os holofotes com suas margens perfeitas para um fim de semana revesando entre cabanas antigas e belos jardins, qualquer rota escolhida terá como objetivo final chegar à Catarata de Torc. Uma trilha agradável que parte da própria cidade de Killarney, segue pela margem do lago e corta pela floresta onde é possível avistar veados. O som único da água e da natureza será o seu melhor guia conforme você se aproxima cada vez mais das cachoeiras, o local perfeito para tirar aquela foto para compartilhar no Instagram.

Encontre mais descrições e fotos em

O misterioso Castelo de Belfast

O Castelo de Belfast, em “Cave Hill Country Park”, tem as melhores vistas da cidade.
Foto por @AlbertBallesté

Famosa por ter sido o local de construção do Titanic, a capital Belfast, na Irlanda do Norte, está repleta de inúmeras atrações culturais: desde pubs icônicos onde se pode saborear as melhores cervejas torradas aos encantos do Castelo de Belfast, um monumento que pode levar você à trilha ao longo das colinas escarpadas do “Cave Hill Country Park”. Erguido pelos normandos no século XII, o Castelo de Belfast fica a 120 metros acima do nível do mar, o que por sua vez permite uma vista panorâmica incrível da cidade. Conta com um centro de visitantes para aprofundar o conhecimento dos visitantes sobre a sua história. Este percurso também é ideal para quem opta por ir de bicicleta, pois está convenientemente localizado a apenas 6 km do centro histórico da cidade.

Distância

6,03 km

Desnível +

278 m

Distância

6,03 km

Desnível +

278 m

Encontre mais descrições e fotos em

Montanhas Wicklow

A cidade monástica de Glendalough com “The Round Tower” e a abadia entre outras ruínas medievais.
Foto por @hoes.patrick

Localizado no Vale dos Dois Lagos, Glendalough é a melhor alternativa para conhecer um pedaço da história irlandesa a apenas 68 quilômetros de Dublin. Se fosse preciso uma boa desculpa para conhecer esta histórica cidade medieval, seria para fazer uma visita às montanhas Wicklow. Esta cordilheira é repleta de lagos e lagoas cujo pano de fundo é o Lugnaquilla, um pico de 925 metros que em irlandês (Log Na Coille) significa o oco da madeira. Partir da Cidade Monástica de Glendalough para este paraíso natural e passear ao longo das margens do Lago Lower para pegar a conexão para as antigas Minas de Glendalough fazem dessa uma trilha ideal para se fazer a pé ou de bicicleta, graças aos seus níveis suaves de elevação.

Distância

12,23 km

Desnível +

501 m

Caminhantes
Distância

12,23 km

Desnível +

501 m

Caminhantes
Encontre mais descrições e fotos em

Suba a Escada para o Céu

“Stairway to Heaven”, a trilha favorita que corta a montanha Cuilcagh, na divisa das duas Irlandas.
Foto por @VirgoHynes

Localizada ao longo da fronteira entre a Irlanda do Norte e a República da Irlanda, a Montanha de Cuilcagh é acessível a todos que desejam embarcar na mais emocionante de todas as rotas: uma trilha entre riachos que deságuam no rio Shannon. Uma paisagem que destaca a trilha principal “Cuilcagh Mountain Legnabrocky”, também conhecida como “Stairway to Heaven” (Escada para o Céu), envolve 7,5 quilômetros de aventura entre antigas ruínas celtas e uma vista que chega a atingir o ponto mais extremo, a 665 metros de altura. Quando chegar ao topo, sinta-se como um rei por um dia ao ficar cara a cara com as montanhas de Mourne e de Croagh Patrick. Essa é apenas uma das muitas sensações que você poderá viver ao longo da trilha.

Distância

11,08 km

Desnível +

419 m

Distância

11,08 km

Desnível +

419 m

Encontre mais descrições e fotos em

Burren National Park

Burren National Park: um terreno cárstico que serve de museu ao ar livre.
Foto por @BodiAgi

A vasta paisagem cárstica aberta passa a impressão de um planeta distante. No entanto, The Burren vai além dessa sensação. Seu nome, que significa “grande rocha”, dá ao visitante uma dica do que pode ser encontrado nesta região do Condado de Clare. No Burren National Park também podemos contemplar o dólmen mais famoso da República da Irlanda, Poulnabrone, que divide os holofotes com outros locais históricos como a Abadia de Corcomroe. Estes são apenas dois dos diversos locais a serem descobertos durante uma caminhada até o topo. Nele, você pode ter uma vista de todo o terreno rochoso e da Fanore Beach, ideal para a prática do surfe.

Distância

6,19 km

Desnível +

144 m

macbre.pl
com
Distância

6,19 km

Desnível +

144 m

macbre.pl
com
Encontre mais descrições e fotos em