Bélgica

Descubra uma Bélgica fascinante ao longo de 10 das suas trilhas mais famosas

Autor

Castelo Walzin, um ponto de passagem em uma das trilhas mais conhecidas da Bélgica
O Castelo Walzin, na Bélgica - Foto de @WiWiLoc

Quando pensamos na Bélgica, muitas vezes imaginamos cidades famosas, como Gante, Bruges ou Bruxelas. No entanto, além de uma escapadela urbana de fim de semana, esse país possui paisagens e florestas fascinantes. Estas 10 trilhas na Bélgica são as opções perfeitas para descobrir o “lado B”. Esse lado alternativo é cheio de magia e charme que sempre pode ser arrematado com alguns tesouros locais, como um waffle (ou cerveja) belga, como recompensa.

O Caminho de Santiago a partir de Bruges

Uma concha do peregrino na primeira etapa da Via Brugensis, que começa em Bruges.
Concha do peregrino na Via Brugensis (Bruges) — Foto de @GunnarW

Você sabia que é possível fazer o Caminho de Santiago a partir da Bélgica? As cidades belgas de Lieja, Bruxelas e Mons apareceram há muito tempo no diário de viagem do monge Hermann Künig. Há várias rotas jacobinas em toda a Bélgica, como a Via Gallia Belgica, a Via Brabantica, a Via Scaldea e a Via Brugensis. Essa última começa na cidade de Bruxelas e é composta por centenas de quilômetros. No entanto, também podemos seguir diferentes conchas de Santiago por toda a cidade. Se você se perder, não precisa se preocupar. Assim como os peregrinos de antigamente, você pode usar a Via Láctea para guiá-lo.

Encontre mais descrições e fotos em

O florescimento dos jacintos na Floresta de Halle

Um tapete de jacintos na Floresta de Halle, perto de Bruxelas, na primavera.
Tapete de jacintos na Floresta de Halle — Foto de @Trikke Van Roey

Há lugares dignos de contos de fadas na Bélgica. Um excelente exemplo é “Hallerbos” (Floresta de Halle), na cidade de Halle. A apenas 9 km de trem de Bruxelas, essa floresta azul torna-se especialmente mágica no fim de março. Os jacintos florescem nas três primeiras semanas da primavera, criando enormes tapetes azuis naturais entre as árvores. A trilha oficial tem cerca de 10 km e é um caminho demarcado. Recomendamos visitar o local durante a semana, pois sábados e domingos costumam atrair mais visitantes.

Encontre mais descrições e fotos em

Os mistérios de Marche-les-Dames

As altas formações rochosas em Marche-les-Dames ao longo do rio Mosa, ideais para caminhadas ou escaladas.
Altas formações rochosas em Marche-les-Dames ao longo do rio Mosa — Foto de @Dhaese Rudi

Do lado esquerdo do rio Mosa, no seu caminho pela província de Namur, emergem as rochas Marche-les-Dames, um lugar fascinante perto da cidade de mesmo nome, perfeito para percorrer rotas entre bosques e penhascos. Você pode começar com uma visita à Abadia de Notre-Dame du Vivier e caminhar por um caminho demarcado que segue o rio. Esse caminho também é frequentemente visitado por alpinistas. Na verdade, no início do século 20, o rei Alberto I caiu do topo de um desses penhascos em um acidente, ou talvez não — ninguém sabe ao certo!

Distância

10,37 km

Desnível +

270 m

Distância

10,37 km

Desnível +

270 m

Encontre mais descrições e fotos em

As encostas de Frahan e a rota das escadas

Vista panorâmica da vila de Frahan junto ao rio Semois vistos do Mirante de Frahan.
A vila de Frahan e o rio Semois vistos do Mirante de Frahan — Foto de @Papylou

A caminho da província de Luxemburgo, o rio Semois faz uma volta em torno das cidades de Laviot, Frahan, Rochehaut e Poupehan. Ao longo de uma trilha circular chamada “Les Crêtes de Frahan et le Parcours des Échelles” (As encostas de Frahan e a rota das escadas), sugerimos cruzar florestas, pontes e subir diferentes encostas usando uma espécie de escadas construídas para os visitantes. Prepare sua câmera e tire uma foto única dessa linda vista panorâmica.

Encontre mais descrições e fotos em

Descubra a Cachoeira de Bayehon

A Cachoeira de Bayehon no outono, cercada por florestas coloridas.
A Cachoeira de Bayehon — Foto de @Palmtreeproduction

A região da Valônia revela algumas das mais belas paisagens da Bélgica. Uma delas, sem dúvida, é a Cachoeira de Bayehon, uma das mais importantes de todo o país. A trilha principal começa na cidade vizinha de Longfaye e atravessa uma floresta de caminhos demarcados com pontes de madeira rústicas. A viagem é especialmente bonita no outono, quando as árvores produzem vários tons de ocre, verde e vermelho. Depois de concluir o caminho, de pouco mais de 9 km, você encontrará essa maravilhosa cachoeira.

Encontre mais descrições e fotos em

Caminhando ao longo do rio Hoëgne

A conhecidíssima “Pont du Centenaire”, uma ponte de madeira que cruza o rio Hoëgne.
A “Pont du Centenaire” sobre o rio Hoëgne — Foto de @Patje_skippy

Considerado um dos rios mais bonitos da Bélgica, o Hoëgne define parte da essência da pequena vila de Hockai. Da “Pont du Centenaire” (Ponte Centenária), você pode fazer a caminhada do Hoëgne ao longo do rio e de árvores cobertas de musgo e de pontes de madeira até chegar à “Pont de Belleheid” (Ponte da Beleza). Essa aventura leve e com pouco ganho de elevação é ideal para ser feita com toda a família.

Trekking
Trekking
Distância

9,56 km

Desnível +

222 m

Trekking
Trekking
Distância

9,56 km

Desnível +

222 m

Encontre mais descrições e fotos em

A trilha educativa através da La Fagne de la Poleûr

Uma passarela na trilha La Fagne de la Poleûr, no planalto dos Altos Fens.
Passarela na trilha La Fagne de la Poleûr — Foto de @Les Carnets de Fafafix

Trilhas educativas são necessárias em um momento como este, em que a conscientização sobre as mudanças climáticas é imprescindível. O melhor exemplo em terras belgas é o da La Fagne de la Poleûr, nos Altos Fens, um planalto na província de Lieja perfeito para descobrir os vários ecossistemas da região. Essa trilha é adaptada para pessoas com mobilidade reduzida e tem uma extensão de 3 km, embora seja possível ir mais longe para visitar as lagoas Poleûr e Herbôfaye. O caminho é repleto de placas que explicam tudo sobre a flora e a fauna da região.

Distância

10,60 km

Desnível +

122 m

Encontre mais descrições e fotos em

Trilha circular em torno do lago Nisramont

Vistas do lago Nisramont cercado por florestas onde passa a trilha.
Lago Nisramont cercado por florestas — Foto de @FinalLife

O lago Nisramont está localizado no leste da Bélgica, onde o rio Ourthe atravessa o município de Roche-en-Ardenne. Perto dali, as florestas florescem em encostas suaves. Essa trilha circular começa na barragem de Nisramont e circunda a ravina do lago. Além de caminhadas, você também pode andar de caiaque. Qual é a melhor surpresa? Observe os castores cruzando o caminho enquanto voltam para a água. Recomendamos que você vá preparado com sapatos confortáveis para seguir esse caminho.

Distância

14,20 km

Desnível +

400 m

Distância

14,20 km

Desnível +

400 m

Encontre mais descrições e fotos em

A histórica colina Kemmelberg

O monumento “The Ancestors - Les Ancètres” na colina Kemmelberg — pequenas estruturas tecidas com ramos de salgueiro que representam ferramentas de pedras de sílex, menires e cinzas.
O monumento “The Ancestors – Les Ancètres” na colina Kemmelberg — Foto de @HikingWithKids

Kemmelberg sempre foi uma montanha cheia de histórias, desde os primeiros assentamentos de tribos celtas que datam de 2.500 anos até as sangrentas batalhas da Primeira Guerra Mundial. Esse local próximo à famosa cidade de Flandres, é composto por vários monumentos que mantêm essa história viva, como o Monumento aos soldados franceses (uma coluna de 17 metros) ou “The Ancestors – Les Ancètres” (pequenas estruturas tecidas com ramos de salgueiro que representam ferramentas de pedras de sílex, menires e cinzas).

Distância

10,66 km

Desnível +

171 m

Distância

10,66 km

Desnível +

171 m

Encontre mais descrições e fotos em

De rio a rio: Mosa – Lesse

O Castelo Walzin de estilo renascentista sobre um penhasco com vista para o rio Lesse.
O Castelo Walzin — Foto de @WiWiLoc

Ovelhas pastando perto do rio, caminhos ao longo de colinas e castelos congelados no tempo. Essa é a trilha que liga os rios Mosa e Lesse, cruzando a Reserva Natural Furfooz. Esse paraíso está localizado perto de Dinant, uma cidade mágica onde você pode visitar o esplêndido Castelo Walzin de estilo renascentista. Devido às suas encostas suaves, essa trilha também é ideal para ciclistas.

Distância

13,73 km

Desnível +

168 m

Distância

13,73 km

Desnível +

168 m

Encontre mais descrições e fotos em