Vale de Benasque

Descubra todos os segredos do maior tesouro dos Pireneus Aragoneses

Autor

O "Ibón de Escarpinosa" nos convida a caminhar por uma trilha que leva esses lagos glaciares dos Pireneus aragoneses.
Foto por @Javiertxo

Localizado na região aragonesa de “La Ribagorza”, na fronteira com a França, o Vale de Benasque nasce dos contornos do Rio Ésera, formando o desfiladeiro do Congosto de Ventamillo. É um paraíso natural, também conhecido como “Valle Escondido” (Vale Escondido), formado por um oásis de montanhas acidentadas e neve constante no meio de belezas naturais, como o pico mais alto dos Pireneus, o Aneto, ou a imponente Cachoeira de Aigualluts. Ideal para todo tipo de visitante, o Vale de Benasque oferece as melhores rotas para caminhadas, montanhismo e ciclismo que despertam o aventureiro em cada um de nós.

Forau d’Aigualluts

O "Forau d’Aigualluts", no rio Ésera, é um dos locais mais visitados do Vale de Benasque.
Foto por @FosFilms

Muito digno de ser o cenário de uma grande aventura, o “Forau d’Aigualluts” (Sumidouro de Aigualluts) é um dos locais mais visitados no Vale de Benasque. É um sumidouro que fica na cabeceira do Rio Ésera, alimentado pela água que desce do topo da geleira Aneto e aparece de novo no Vale de Arão. Para fazer essa trilha, pegue um ônibus em “Hospital de Benasque”, uma cidade medieval e o epicentro dos Pireneus, e desça em La Besurta, que fica a apenas dois quilômetros do sumidouro, ou caminhe até o local. Assim que chegar ao seu destino, você poderá apreciar as paisagens que essa trilha tranquila oferece ao longo do caminho até a ensurdecedora Cachoeira de Aigualluts. O local é tão mágico que você provavelmente precisará se beliscar para ter certeza de que não está sonhando.

AberronchaHitos
com
Distância

6,11 km

Desnível +

244 m

AberronchaHitos
com
Encontre mais descrições e fotos em

A trilha desconhecida de El Run até Gabás

A trilha de El Run até Gabás é realmente uma das melhores do Vale de Benasque.
Foto por @Barbastro

No município de El Run, o Rio Ésera atravessa um espetacular estreito chamado Congosto de Ventamillo, de onde começa a trilha em direção a Gabás, uma das aldeias mais lindas do Vale de Benasque. Com uma extensão de 9,4 km, a paisagem oferece vistas panorâmicas incríveis do desfiladeiro até chegar ao início da GR-15. Quando estiver em Gabás, você pode visitar uma aldeia pitoresca famosa por sua igreja românica construída no século XVI, e a Casa Calvera, um excelente exemplo de construção feita com lama, calcário e areia. As janelas da casa ainda guardam vestígios do passado em meio a um silêncio profundo, oferecendo uma experiência simplesmente mágica.

Distância

14,27 km

Desnível +

588 m

Distância

14,27 km

Desnível +

588 m

Encontre mais descrições e fotos em

Aneto, o pico mais alto dos Pireneus

As paisagens a partir do Pico Aneto, o mais alto dos Pireneus, é um deleite para os fãs do montanhismo.
Foto por @Jaure.

A 3.404 metros acima do nível do mar, Aneto é o pico mais alto dos Pireneus e a desculpa perfeita para se aventurar em uma trilha de montanhismo fascinante. Para fazer isso, o melhor é começar em La Besurta (a 1.920 metros acima do nível do mar), onde uma trilha protegida por marmotas e águias majestosas nos leva ao refúgio La Renclusa (2.140 metros). A partir daí, uma trilha bem marcada termina na geleira Aneto, que fica depois do “Paso de Mahoma” (Passo de Maomé), uma área plana que marca o apogeu de qualquer aventura no topo dos Pireneus. Um pico espetacular, de onde qualquer pessoa se sente a dona do mundo, com vistas panorâmicas que se estendem por todo o Parque Natural Posets-Maladeta.

Encontre mais descrições e fotos em

Ciclismo de montanha pela “Sierra de Chía”

A cordilheira de Chía, é uma das principais rotas para o ciclismo de montanha no Vale de Benasque.
Foto por @GuíasdeHuesca

Um dos melhores lugares para pedalar em uma mountain bike é o Vale de Benasque, principalmente pela “Sierra de Chía” (Serra de Chía), um lugar estratégico para desfrutar das vistas panorâmicas mais maravilhosas. Essa serra oferece até quatro perspectivas diferentes, incluindo o lado norte de alpes verdes ou o lado sul mais seco e em tons ocre. Para desfrutar dessa paisagem de contrastes, o ideal é começar pela cidade de Chía e pedalar doze quilômetros até o desfiladeiro de Sahún. É a partir de lá que se pode desfrutar de vistas panorâmicas deslumbrantes do coração do vale. Você quer mais aventuras? Continue pedalando por mais seis quilômetros até chegar à Cachoeira do Prats, um local deslumbrante para dar um mergulho refrescante e repor as energias.

Distância

43,87 km

Desnível +

1301 m

Encontre mais descrições e fotos em

Ibón de Escarpinosa

O "Ibón de Escarpinosa" nos convida a caminhar por uma trilha que leva esses lagos glaciares dos Pireneus aragoneses.
Foto por @Javiertxo

Em aragonês, “ibón” significa pequenos lagos de montanha, formados por geleiras dos Pireneus Aragoneses. Calcula-se que há mais de 2.200 “ibones” em Batisielles, dos quais o mais famoso é o espetacular “Ibón de Escarpinosa”. A maneira mais fascinante de chegar a esse ibón é atravessar o Vale de Estós ao longo da GR-11.2 até a primeira parada, o “Gran Ibón de Batisielles”, onde o silêncio dos pinheiros que descansam no local permite que escutemos nosso próprio eco. Mais adiante fica a “Aigüeta de Batisielles”; continue até chegar ao impressionante “Ibón de Escarpinosa”. É o local ideal para fazer um piquenique, com uma das melhores vistas panorâmicas de todo o Vale de Benasque aos seus pés.

Distância

14,30 km

Desnível +

888 m

pisandocumbres
com
Distância

14,30 km

Desnível +

888 m

pisandocumbres
com
Encontre mais descrições e fotos em

A “Magic Line”

As árvores de bétula, trilhas de MTB e cidades pouco visitadas formam a "Magic Line", um dos locais imperdíveis do vale de Benasque.
Foto por @mparaira

A ”Magic Line” do Vale de Benasque é formada por uma floresta belíssima de bétulas em Tuasa, um dos lugares mais atraentes dos Pireneus Aragoneses e o local ideal para uma trilha de MTB (ciclismo de montanha) com vários contrastes e desafios. Pegue sua mountain bike e pedale a partir da cidade de Sesué até chegar à área de camping próxima ao eremitério de San Sadurní, que oferece uma das vistas panorâmicas mais privilegiadas do vale. Depois de tirar a foto perfeita, suba até um encantador campo relvado, onde é muito fácil perder a noção de tempo e espaço.

Bicicleta de Montanha
Bicicleta de Montanha
Distância

19,23 km

Desnível +

1234 m

Bicicleta de Montanha
Bicicleta de Montanha
Distância

19,23 km

Desnível +

1234 m

Encontre mais descrições e fotos em

Caminhadas no Vale de Benasque

A trilha de Benasque até a represa de Linsoles é ideal para fazer com toda a família.
Foto por @felipeturieleguren

Os Pireneus não são um destino apenas para a prática de montanhismo ou ciclismo de montanha. O Vale de Benasque oferece também inúmeras trilhas para caminhadas em família. Uma das melhores é a que conecta o município de Benasque à represa de Linsoles. A partir de Benasque, a trilha desce ao longo do Rio Ésera até chegar à ponte que leva à pequena cidade medieval de Anciles. O vilarejo de Linsoles fica a uma curta distância e, mais adiante, Eriste, onde fica a represa de Linsoles. Essa trilha totaliza quase nove quilômetros e, embora seja fácil, não é menos encantadora.

Distância

8,86 km

Desnível +

94 m

Distância

8,86 km

Desnível +

94 m

Encontre mais descrições e fotos em

Pedalando pelos desfiladeiros de Ribagorça

Um ciclista descendo um dos desfiladeiros do Vale de Benasque: pura adrenalina entre as estradas sinuosas e cidades.
Foto por @Macris

Esta rota é ideal para ciclistas de estrada, e se estende entre os desfiladeiros do município de Ribagorça, onde o final de cada curva guarda uma surpresa para os ciclistas. O ponto de partida é em Anciles, e a trilha atravessa os desfiladeiros de Eresué, Ramastué e Liri. A partir desse ponto, continue pelo desafiador desfiladeiro de Fadas até o vilarejo de Vilaller, de onde você voltará ao início da rota enquanto pedala pelo famoso desfiladeiro de Bonansa. Essa é uma trilha para desfrutar de alguns dos melhores pontos turísticos que o Vale de Benasque e os Pireneus têm a oferecer e que encantam os fãs do ciclismo.

Bicicleta de Estrada
Bicicleta de Estrada
Distância

110,77 km

Desnível +

2771 m

Bicicleta de Estrada
Bicicleta de Estrada
Distância

110,77 km

Desnível +

2771 m

Encontre mais descrições e fotos em

Passando por Besurta e Ampriu

A rota de bicicleta entre La Besurta e Ampriu é própria para uma corrida de bicicleta pelos seus contrastes incríveis.
Foto por @en_xixa

Você já sonhou em pedalar em uma rota propícia para corridas de bicicleta? A rota que conecta Benasque ao Vale de Ampriu e à comunidade de La Besurta é uma ótima candidata. Saindo de Benasque, o ponto de partida, a estrada para Llanos del Hospital se estende até o Rio Ésera. Ao chegar, a barragem de Benasque indica o início da rota em direção ao Vale de Ampriu. Foi aqui que o Circuito de Ciclismo de Aragão de 2018 ofereceu paisagens fascinantes em sua etapa final. Por fim, saindo do vale, chega-se à planície de La Besurta, uma área para piquenique a 1.900 metros acima do nível do mar (ideal para saborear o queijo “Flor del Aspe”, típico dessa região).

Distância

56,75 km

Desnível +

1801 m

CICLOSALMOZARA
com
Distância

56,75 km

Desnível +

1801 m

CICLOSALMOZARA
com
Encontre mais descrições e fotos em

O Desfiladeiro das Doze Cachoeiras

Canionismo descendo uma das cachoeiras do desfiladeiro das "Doce Cascadas": a melhor rota da cidade de Liri.
Foto por @karibungo

A cidade encantadora de Liri é famosa por suas ruas medievais, varandas floridas, igrejas românicas e, principalmente, pelo desfiladeiro das “Doce Cascadas” (As Doze Cachoeiras), uma joia natural que se torna uma ode ao encanto dos alpes. Considerada uma das melhores rotas para a prática de canionismo nos Pireneus, pode-se chegar ao local por duas passagens formadas por vários paredões para rapel e cachoeiras. Saindo do ponto de partida, a trilha segue até um eremitério, que contorna a entrada que dá acesso ao desfiladeiro através das primeiras sete cachoeiras. Amarre bem os cadarços dos seus sapatos para a prática de canionismo e aproveite a adrenalina que esse paraíso vertical oferece.

Distância

11,27 km

Desnível +

479 m

Elvis Ente
com
Distância

11,27 km

Desnível +

479 m

Elvis Ente
com
Encontre mais descrições e fotos em